Fórum CANALBOTAFOGO - Tópico de discussão

 
Páginas:
Ngannou
  O Peso da Incapacidade das Diretorias: os Erros se Repetem e o Botafogo não Cresce

Desde 08/2016 • 2 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Infanto


Em 11/09/2018 às 08:54

O Peso da Incapacidade das Diretorias: os Erros se Repetem e o Botafogo não Cresce

Quem Será o Próximo?

Após 24 rodadas do Campeonato Brasileiro, temos números emblemáticos: a campanha do Botafogo em 2018 é idêntica à de 2014. São 26 pontos em 24 jogos, com 36,1% de aproveitamento. Na realidade, a campanha de 2014 estaria à frente da de 2018 devido ao número de vitórias (7 contra 6). Isso não é por acaso. Estamos vivendo a fase final do voo de galinha.

A expressão voo de galinha refere-se a pequenos saltos não sustentáveis. Alguém numa situação muito ruim consegue um pequeno crescimento, curte o bom momento, mas não consegue sustentá-lo, e a queda o faz retornar ao mesmo ponto anterior ou até pior.

Note como as administrações são em geral semelhantes. O presidente novo assume pintando um quadro desesperador. Nos primeiros anos, tudo de ruim é culpa da administração anterior, e qualquer coisinha positiva (ainda que seja algo básico) é celebrado como grande conquista. Se houver alguma conjuntura conspirando a favor, surfa-se no bom momento como se este fosse uma conquista exclusiva do novo gestor. Neste momento, qualquer crítica é vista como política ou como defesa do antecessor.

As quedas posteriores são simples de explicar. Quando, por alguma razão externa, a administração consegue recursos extraordinários ou condições específicas e casuais de obtê-los, sabe que tais recursos não serão recorrentes, tais situações não se repetirão. Há, portanto, duas opções para o gestor: ou ele investe tais recursos excepcionais em melhorias estruturais que elevarão permanentemente o patamar financeiro e competitivo da instituição, ou ele gasta os recursos pensando apenas no curto prazo da própria administração, promovendo a si mesmo como grande responsável por um bom momento, mas condenando o futuro da instituição.

Essa segunda opção é o que chamamos de voo de galinha, e em regra é a opção escolhida pelo gestor de momento. Foi assim com Maurício Assumpção, foi assim com Carlos Eduardo Pereira.

VOO DE GALINHA: MAURÍCIO ASSUMPÇÃO

Assumpção assumiu o Botafogo em 2009, mas já começou a comandar em fins de 2008, quando Bebeto lhe deu toda autonomia na transição. Maurício pintou um quadro catastrófico. Embora houvesse problemas, o Botafogo tinha Ato Trabalhista, Timemania, CT João Saldanha, Companhia Botafogo e estádio Nilton santos. Nada disso existia em 2003, quando Bebeto de Freitas assumiu.

Maurício viveu condições especiais e não recorrentes em seu mandato: Maracanã fechado por longo período devido às obras para a Copa do Mundo. Além disso, a economia brasileira estava em alta, com muito dinheiro circulando devido a condições externas como crises de Europa e EUA, altos investimentos chineses, preço do petróleo alto. No ambiente interno, tínhamos Copa do Mundo, que significava oportunidade de investimento no futebol pelas empresas, Maracanã fechado e Olimpíada 2016, cujo estádio olímpico seria o do Botafogo.

Veja bem as condições de Maurício: investimento em alta, economia forte, dinheiro entrando no país, Copa do Mundo e Olimpíada, Maracanã fechado e estádio Nilton Santos sendo o único do Rio por pelo menos três anos.

Tínhamos basicamente duas opções: pensar em longo prazo ou em curto prazo. Em longo prazo, o Botafogo deveria ter atraído investimentos para o estádio com contratos longos, de pelo menos dez anos, que garantissem receitas mesmo após o Maracanã fechado. Ainda que reduzisse o valor no curto prazo, estabilizaria as receitas do estádio mesmo com o concorrente retornando. Também deveríamos aproveitar o maior fluxo de dinheiro para promover investimento em estrutura (um CT, por exemplo).

Logicamente o Botafogo pensou em curto prazo. Os contratos do Nilton Santos no período com os dois coirmãos como inquilinos forçados foram desastrosos. Encerravam-se quando o Maracanã reabrisse, de modo que após o retorno do concorrente teríamos sérias dificuldade de obter receitas. Além disso, o estádio foi precificado muito baixo com três clubes jogando. Como seria a precificação de mercado com um só jogando?

Maurício surfou um bom tempo na crista do voo de galinha. Virou modelo de gestão, dava entrevista como gestor moderno, mas o tempo passou e veio a queda. Em 2014 voltamos não a 2008, mas pior, a 2002.

VOO DE GALINHA: CARLOS EDUARDO PEREIRA

Carlos Eduardo Pereira assumiu o Botafogo repetindo as mesmas coisas de Maurício Assumpção, com o acréscimo do viés moral (por exemplo, era contra fazer contratos com empresas de parentes de dirigentes) e de outras promessas, como o sócio-torcedor (que fingiu cumprir). O Ato TRT estava pronto, só aguardando a saída de Assumpção, com quem o tribunal não conversaria mais. E o Profut avançando cada vez mais (aprovado em 2015). Com esses dois fatos, Carlos Eduardo Pereira deixou de correr riscos de penhoras por dívidas fiscais e trabalhistas.

CEP teve uma vantagem adicional: a renegociação de contratos da Globo, em parte devido ao Esporte Interativo e novas mídias. Com as três renegociações que fez, Carlos Eduardo Pereira pegou R$ 100 milhões referentes ao período até 2024 (engloba todo o mandato posterior a Mufarrej). Também renegociou alguns empréstimos (na verdade, pegou novos empréstimos).

É um enorme volume de recursos, que ele sabia que não se repetiriam mais a partir de 2018. O que CEP poderia ter feito com tais recursos? Um CT, abatimento de dívidas (pagando à vista, é possível usar por exemplo R$ 10 milhões para abater R$ 30 milhões ou R$ 40 milhões de dívidas nominais, como um coirmão fez), investimento nas categorias de base (o do Botafogo é ínfimo, perdendo para todos os grandes e alguns médios), profissionalização da gestão, melhorias no estádio, etc.

Mas não. Assim como Maurício Assumpção, CEP gastou os recursos de forma perdulária, pensando somente no próprio mandato. A Arena da Ilha, usada em pouco mais de dez jogos, foi orçada em R$ 5 milhões e custou um total de R$ 13 milhões. Um coirmão jogou em Edson Passos por menos de R$ 1 milhão, tendo aproveitamento de campo semelhante ao nosso. CEP não cortou despesas, manteve investimentos em outros esportes como basquete e remo (ao passo que os rivais cortaram investimento nesse esporte), dentre outros.

FUTEBOL ALEATÓRIO

mentira da austeridade também se fez presente no futebol. Não houve a política de contenção de gastos, o que demanda mais investimentos na base para sustentação do elenco profissional (especialmente para compor reservas).

No futebol, as contratações continuaram sendo absolutamente aleatórias, aplicando muito mal os recursos disponíveis. R$ 480 mil em Leo Valencia, mais de R$ 400 mil em Montillo, mais de R$ 300 mil com Canales, dentre outros. As contratações de Felipe Tigrão e Marcos Paquetá são emblemáticas do despreparo e da arrogância de quem comanda o futebol, lembrando muito a de Eduardo Húngaro. Pelo terceiro ano seguido teremos um time reserva mais caro do que o titular, o que denota péssimo planejamento de elenco.

Jair Ventura foi efetivado como treinador para “manter o trabalho de Ricardo Gomes”, aquele que estava nos levando à série B. Felizmente Jair mudou tudo (embora até hoje CEP acredite ter sido uma continuidade) e nos deu um ano e meio de bons momentos. Foi o suficiente para que nós, torcedores, nos divertíssemos no auge do voo de galinha, mesmo sabendo que aquilo era algo muito efêmero.

A DESCENDENTE DO VOO

Nelson Mufarrej assumiu numa situação curiosa. Não pode fazer discurso de terra arrasada, pois seu antecessor era CEP. E a parte descendente do voo de galinha começa a aparecer claramente na sua gestão. O título carioca deu certo alento e fez alguns esquecerem Tigrão e a Aparecidense, mas Marcos Paquetá nos fez lembrar do que é a gestão Gustavo Noronha no futebol.

CEP deixou o Botafogo sem os recursos extraordinários, que torrou tanto que precisou fechar 2017 com mais um empréstimo. Agora, a conta chega bem cara. Salários atrasados, nada de recursos gerados pela turma de Padilha, futebol gerido de forma aleatória, torcedor afugentado pelo time e, novamente, pela turma do Padilha.

É PRECISO QUEBRAR O PADRÃO ASSUMPÇÃO-CEP

A próxima gestão do Botafogo não pode seguir o mesmo padrão de Assumpção e CEP, cujas administrações cada vez mais parecem uma só. Quem assumir o clube precisa realizar uma profunda reforma interna no Botafogo, e os recursos precisarão ser aplicados de forma precisa e minuciosa, pensando num clube sustentável e em permanente evolução.

O Botafogo não aguenta outro Assumpção nem outro CEP.

 

Fonte:  https://medium.com/botafogosemmedo/o-peso-da-incapacidade-das-diretorias-os-erros-se-repetem-e-o-botafogo-não-cresce-f161b043b8ec

camisa_7

Desde 05/2016 • 2 anos de CANAL
AC

Garrincha


Em 11/09/2018 às 09:11
 

DISSE TUDO!!!

sergiofogão

Desde 05/2011 • 7 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 11/09/2018 às 09:30
 

É o obvio ululante de Nelson Rodrigues ... mas tem surdo que prefere não escutar ... e cego que prefere não ver ...
Nininho ladrão
CEP água de salsicha
MUFA cavaleiro do apocalipse
O que eles têm em comum ? Somente a administração ruim ? Apoiados/amparados por quem ?
Culpar jogadores e técnicos é fácil, afinal são ruins mesmo ... mas na verdade é a cortina para o trabalho ruim desses administradores (?) do Botafogo ...

emilio

Desde 11/2009 • 9 anos de CANAL
Belo Horizonte/MG

Garrincha


Em 11/09/2018 às 09:53
 

sergiofogão

E colocar quem lá? Este é o grande problema. Não aparece ninguém com o mínimo de capacidade querendo candidatar e que tenha apoio político. Marcelo Guimarães? só quer fazer o Botafogo de trampolim e foi esteio do Nininho. Vinicius do PT? só quer aparecer para se eleger vereador. E, por aí vai.

Talvez a solução seja o Durcésio que o Bebeto sugeriu, mas será que ele topa sem ter apoio político?



camisa_7

Desde 05/2016 • 2 anos de CANAL
AC

Garrincha


Em 11/09/2018 às 10:02
 

O durcesio parece ser um bom nome, emilio Assim como o manoel renha

emilio

Desde 11/2009 • 9 anos de CANAL
Belo Horizonte/MG

Garrincha


Em 11/09/2018 às 10:13
 

Manoel Renha não aceitou e acho que não vai aceitar, por isto não o citei.

ton

Desde 05/2011 • 7 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Nilton Santos


Em 11/09/2018 às 10:15
 

Manoel Renha seria o nome, mas deixou claro um milhão de vezes q não quer!

Sem o Renha não temos ninguém!!!



FORA ANDERSON BARROS FDP!!!!!!

fmesquita

Desde 10/2008 • 10 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 11/09/2018 às 11:16
 

Esqueceu de dizer:
- Que o CEP teve que pagar IMEDIATAMENTE, em dezembro de 2014 a segunda parcela da TIMEMANIA;
- Que o CEP teve que pagar a dívida do Elkson;
- Que, apesar da maneira simplória como ele descreveu a volta do BFR ao Ato Trabalhista, na VERDADE isso não aconteceu dessa maneira tão simples assim, e a prova disso é que o CEP e o Muffarej chegaram a ter os seus bens pessoais penhorados, como é do conhecimento de todos, e como foi amplamente noticiado pela imprensa em 2015;
- Que o BFR, voltando a ter uma normalidade administrativa/financeira, o que não ocorria desde o final da administração do MA, teve de volta outros credores, que passaram a bater às portas do Clube com os seus títulos e nos ameaçando com penhoras;
- Que nem todas os Processos Trabalhistas foram resolvidos via Ato Trabalhista, com o Clube continuando a sofrer penhoras de suas rendas, que mesmo a maioria delas revertidas e inscritas posteriormente no Ato, provocaram desorganização financeira prejudicando o fluxo de caixa;
- Que mesmo com a volta do BFR ao Ato Trabalhista, a decisão IRRESPONSÁVEL do ex presidente MA de provocar a exclusão do Clube do Ato, simplesmente onerou o Clube na obrigação de ter que pagar o DOBRO do que os clubes aqui do Rio pagam em percentuais para a JT, impedindo o BFR de, com esse acréscimo, poder investir essa diferença no nosso futebol;
- Que o CEP pegou o BFR na segunda divisão, com o Clube praticamente sem elenco, desmoralizado (por ser contumaz inadimplente com os salários dos jogadores) e, mesmo assim, trouxe o BFR de volta para a primeira divisão e com TÍTULO;
- Enfim, fazer um paralelo entre uma pessoa que lesou o BFR, colocou no Clube gente mal intencionada e que hoje aciona o Clube na Justiça, para mim, é um ABSURDO!

instante

Desde 09/2015 • 3 anos de CANAL
SP

Nilton Santos


Em 11/09/2018 às 11:25
 

Dentre zilhões de medidas que precisam ser tomadas, eu seria ainda mais radical e EXTINGUIRIA o maldito Remo.

Esse setor do clube é uma incubadora e reservatório do que há de pior na cartolagem botafoguense. É composto de velhos broxas incompetentes/desonestos; um feudo que serve apenas como refúgio pra essas pragas desgraçadas que não cansam de invadir o futebol profissional e sangrar o clube.

Foda-se a história, estatuto, etc.

Acabem com essa merda de Remo e mandem seus barões ir jogar dominó na Praia de Copacabana...

Gestor

Desde 02/2018
Goiänia/GO

Profissional


Em 11/09/2018 às 20:11
 

"Dentre zilhões de medidas que precisam ser tomadas, eu seria ainda mais radical e EXTINGUIRIA o maldito Remo.

Esse setor do clube é uma incubadora e reservatório do que há de pior na cartolagem botafoguense. É composto de velhos broxas incompetentes/desonestos; um feudo que serve apenas como refúgio pra essas pragas desgraçadas que não cansam de invadir o futebol profissional e sangrar o clube.

Foda-se a história, estatuto, etc. 

Acabem com essa merda de Remo e mandem seus barões ir jogar dominó na Praia de Copacabana..." by: INSTANTE.

 

É EXATAMENTE ESTE O MEU PENSAMENTO, POR ISSO ESTOU ESCREVENDO EM CAIXA ALTA, JÁ QUE ESSE TEMA DEVE SER DITO EM FORMA DE GRITO! CAIAM FORA DO MEU BOTAFOGO, CAMBADA DE VELHOS BROXAS MALDITOS. ENFIEM O REMO DE VOCÊS NAS SUAS PROTUBERÂNCIAS ELÁSTICAS E ENRUGADAS E NOS DEIXEM EM PAZ! 



IN_FIRE

Desde 05/2011 • 7 anos de CANAL
Hell de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 11/09/2018 às 20:18
 

Tô com o FMesquita.

Esse texto tá totalmente desvirtuado para a crítica à gestão CEP.

Quem escreveu esse texto, escreveu pensando apenas na sua própria preferência política ao invés de colocar o Botafogo como assunto principal. O texto não passa de ataque político, a velha questão de quem é a vidraça da vez.

CEP teve uma das melhores administrações que já vi no Botafogo, mas assim como sempre acontece no Botafogo (vide Bebeto) não soube passar o bastão.

A gestão Mufarrej é uma desgraça e foi um retrocesso à gestão CEP, inclusive com ideias que o próprio CEP não apoiava.

Mas comparar CEP e Assumpção? Pura picuinha política de quem escreveu o texto.



BOTAFOGO, BOTAFOGO,

UNIÃO:

NO PASSADO, NO FUTURO,

A CADA GERAÇÃO

BUSCA A JUSTIÇA EM CADA JOGO,

BOTAFOGO, TERÁS DE ENSINAR

QUE PARA VERMOS, A TUA ESTRELA BRILHAR

SERÁ PRECISO, CONTRA TODOS LUTAR

A BATALHA, ÁRDUA SERÁ,

MAS COM O NOSSO APOIO

HÁS DE SEMPRE CONTAR

 

 

  E O SEU “G” DE GLORIOSO É O QUE ASSENTE

QUE DE TODOS OS OUTROS FAZ-SE PRESENTE:

DIGNIDADE, A FIBRA DA TUA LUZ

QUE A SUA CHAMA PULVERIZE OS URUBUS

Marechal Severiano

Desde 09/2008 • 10 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 11/09/2018 às 22:19
 

Entre o CEP e o Turcão vai uma grande diferença.

Gestor

Desde 02/2018
Goiänia/GO

Profissional


Em 11/09/2018 às 22:58
 

In Fire: Ninguém odeia o desgraçado, maldito, amaldiçoado presidentista, mais do que eu. Sinto nojo só de lembrar que aquele traste existiu na vida do Botafogo. Quero mais é que o diabo o carregue para as profundas dos infernos, de corpo presente.

Ninguém mais do que eu sentia orgulho ao ver aquela fotografia do CEP colocando o dedo na cara do amaldiçoado, foto emblemática, diga-se de passagem. Ninguém mais do que eu achou que o CEP seria o começo de uma nova era para o nosso Glorioso.

Mas, convenhamos, amigo: COLOCAR ESSE MALDITO SALIM FARREJ cagalhão na presidência, me desculpe, É IMPERDOÁVEL, sob todos os aspectos. PERDEU O MEU RESPEITO, o CEP. 



ton

Desde 05/2011 • 7 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Nilton Santos


Em 12/09/2018 às 12:15
 

Concordo com o Gestor!! colocou tudo por agua abaixo em apostar nesse maldito!

Não é possível q não tinha nenhum outro nome com mais competência para ele indicar!



FORA ANDERSON BARROS FDP!!!!!!

rfabian

Desde 11/2016 • 1 ano de CANAL
SAO PAULO/SP

Nilton Santos


Em 12/09/2018 às 13:30
 

É triste ver discussões desse tipo. É como assistir crianças pobres lamentando o emprego simples que os pais têm. No fundo tudo é dinheiro. Claro que existe competência e incompetência com muito ou pouco dinheiro, mas no nosso caso é sempre pouco. Todo presidente do Botafogo tem 99% de chance de ser incompetente ou ladrão. Essa vai ser sempre a visão da torcida pois essa sempre vai querer uma resposta para para um novo e certo fracasso. O certo mesmo seria o Botafogo do CEP, com limite de 50 mil de salário, como na segunda divisão. Mas isso o torcedor, que não tem a mínima vontade de fazer um ST forte, não aceita. Quem faz o clube forte é a torcida. O dirigente apenas surfa na onda. Para a glória ou para o fracasso. O Botafoguense vai ficar mais 600 anos esperando um dirigente que traga um patrocínio master da Microsoft de 200 milhões por mês, que a Globo vai dar 300 milhões por ano para passar os nossos jogos, que os craques serão contratados a rodo.....nao vai acontecer. A realidade é rolagem de dívida, acordos compulsórios, contratação de refugo é patrocínio chorado da caixa. Para o dirigente ser um merda num cenário desse é muito fácil....



andreadz

Desde 08/2012 • 6 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Nilton Santos


Em 12/09/2018 às 15:48
 

Falou falou e não disse nada /\

Mas vale se discutir isso do que encher a porra do saco dia sim e dia sim com conversinha fiada de tática e jogador...

irmão do jeito que o clube é gerido, tu pode jogar no 4-3-3, 6-4-0, 8-9-10, foda-se...
não vai dar em lugar algum... o pouco do dinheiro que se tem vai pra fogueira,
lindoso capitão do time controlando sua panela de medíocres e a diretoria adorando...
nesse tempo você ta xingando os 4 técnicos para raio que passam por semestre como se fosse o Telê Santana...

É bizarro que quem mais debate por pouca merda achar triste esse tipo de discussão, que é o cerne do problema.

andreadz

Desde 08/2012 • 6 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Nilton Santos


Em 12/09/2018 às 15:53
 

Na verdade, quem dera que a solução do Botafogo fosse só demitir o Zezinho e te entregar o apito e os cones..
Pelos teus posts eu fiquei convencido de que você é o melhor técnico dessa geração,
era só botar o Lindoso no banco, entrar com tua tática e o Botafogo é grande de novo.

PC CARIOCA

Desde 02/2010 • 8 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 12/09/2018 às 16:06
 

Todo mundo ama o Botafogo por causa do futebol. Mas é impressionante como não conseguimos evoluir. Mesmo quando montamos um time médio a razoável, não conseguimos manter a base e contratar pontualmente para reforçar o elenco. Acabamos perdendo os que se destacam por qualquer tostão que oferecem por aí. O futebol hoje está inflacionado e o Botafogo não tem capacidade de investimento, fruto de TODAS as diretorias que passaram. Ninguém conseguiu dar o pulo do gato.
O cenário hoje é esse. todo ano lutar pra não cair. isso passou a ser nosso grito de campeão.



Chamamos de ÉTICA o conjunto de coisas que as pessoas fazem quando todos estão olhando.

O conjunto de coisas que as pessoas fazem quando ninguém está olhando chamamos CARÁTER.  (Oscal Wilde)

Por um BOTAFOGO com ÉTICA e CARÁTER.

rfabian

Desde 11/2016 • 1 ano de CANAL
SAO PAULO/SP

Nilton Santos


Em 12/09/2018 às 16:06
 

Andreadz, para vc entender o que eu escrevi, vc teria que ter o primeiro grau. Se vc não tem a culpa não é minha. Vc é só mais um frustrado que acha que vai mudar a porra da situação do clube falando mal de dirigente que vende o almoço para pagar o jantar pela internet. Só mais um Ze Ruela que xinga o Anderson, como xingou o Lopes como xingou todos outros achando que eles estão ou estavam de sacanagem com o clube. Qual o seu poder em discutir "coisas importantes do clube" se vc não deve colaborar nem com 200 reais por mês? Se toca retardado. Vc, como analfabeto funcional, deveria se limitar a discutir tática pois para o resto não tem nem inteligência nem poder para porra nenhuma. 

andreadz

Desde 08/2012 • 6 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Nilton Santos


Em 13/09/2018 às 05:14
 

Cara, pra eu me ofender com esse teu chilique você teria que chegar perto da verdade.
O que eu faco da vida pouco interessa, na verdade, nao interessa nada por aqui. 
 
 Mas aparentemente pra ter tua aprovação pra discutir certos assuntos devemos atender teus requisitos. Formação eu tenho 3, Administração, RI e Ciências Políticas. Fui sócio torcedor do clube até a volta do Anderson Barros, que por ironia foi quem fez me aproximar da vida política do clube. Tenho camisas e trocentos mais produtos licenciados. Acompanhei DIARIAMENTE a primeira passagem desse verme pelo clube, acompanhava transferência por transferência e todos seus envolvidos, assim como vários outros colegas aqui na epoca. Fui ferrenho defensor da gestão passada até perderem a mão ao fim do campeonato.
 
Agora me diz, que porra de doutorado eu tenho que ter pra trocar ideia em um fórum virtual?! Quanto mais eu tenho que queimar/consumir com o clube pra poder falar sobre, Telê?
 
Não fode guri! Não tem 1000hrs de Elifoot e quer meter bronca de técnico FIFA/estagiário do Mourinho. Ainda dá chilique qd ignoram tua ladainha ou o assunto é outro.
 
Jura que sem Lindoso no time estaríamos melhor. Nossa, puta gênio!  Aliás, Ruindoso, o trocadilho engraçadíssimo que vc repete até dormimdo. 


rfabian

Desde 11/2016 • 1 ano de CANAL
SAO PAULO/SP

Nilton Santos


Em 13/09/2018 às 06:38
 

Enhravaxo

rfabian

Desde 11/2016 • 1 ano de CANAL
SAO PAULO/SP

Nilton Santos


Em 13/09/2018 às 06:53
 

Engraçado, vc é tão cretino que não consegue entender que o que escrevi tem muito mais relação com lamento e impotência do que critica ao post. Cretino, isso mesmo. Eu dei minha opinião geral e vc veio me xingando como se eu lhe devesse alguma satisfação. Vc foi um nada em relacao as coisas importantes do clube e continua sendo um nada. A diferenca é que vc virou machao virtual e que determinar o que as pessoas escrevem. Se toca retardado. Vai encher o saco de outro. Fui um dos primeiros a criticar Ruindoso, Valencia sim. Faça uma enquete e veja a reprovação altíssima que eles tem. Sempre critiquei o Jair, que foi uma merda no Santos e não vai durar muito no Corinthians. Eu falo de futebol que é o que vejo durante os jogos. Vc é um idiota que não sabe nada do política do clube, não colabora com 200 reais e quer dar uma de macho na internet. Passa amanhã, cretino. Não ir ser xingado, respeite a opinião dos outros no limite da educação. Eu vou continuar reclamando de treinador merda, jogador merda e tática merda. Tá nervoso, rasga o olho do maracujá. Depois é claro de se elege presidente e faça do Botafogo o mais rico do mundo. Pelo jeito vc consegue. Pelo jeito vc quer cinco minutos de fama e me escolheu. Se quiser podemos continuar essa discussão por muito tempo. Vc quem sabe.

pietrantonio

Desde 05/2012 • 6 anos de CANAL
Rio de janeiro/RJ

Garrincha


Em 13/09/2018 às 08:13
 

O CEP, foi dez, mas, seu sucessor, é muito incompetente, não desonesto.
Emílio, o ducérsio está louco pra ser o presidente e tem o apoio do Montenegro, aliás, é o candidato dele.



Nao desejo receber mensagens por email. 

Obrigado 

pietrantonio

Desde 05/2012 • 6 anos de CANAL
Rio de janeiro/RJ

Garrincha


Em 13/09/2018 às 08:15
 

No mais, esse senhor acima, como venho dizendo a tempos, é de uma arrogância infinita. Não vale a pena nem dar bom dia.



Nao desejo receber mensagens por email. 

Obrigado 

instante

Desde 09/2015 • 3 anos de CANAL
SP

Nilton Santos


Em 13/09/2018 às 09:00
 

Já era sabido fazia mais de anos que esse 2018 seria duro. Por isso que ano passado eu dizia que era necessário priorizar o Brasileiro pra conseguir no mínimo a vaga na Liberta, pois com essa competição em vista o clube iria ter ao menos uma carta na manga pra negociar a vinda de reforços e a manutenção de peças importantes. Sem competição alguma que preste, com uma folha salarial pra lá de limitada e nenhuma perspectiva de disputar títulos importantes, o que se viu é o que se vê: um time que não manteve peças importantes do conjunto do ano anterior e só conseguiu contratar refugos não desejados por mais ninguém que ainda vieram com salários bem acima do que deveria - assim como as renovações que se deram por valores bem maiores que os merecidos pelos atletas, pra poder compensar a falta de atrativos que o Botafogo oferece. E pra completar, lançaram mão de jogadores vindos da base, sem preparo e sem condições de exercer o papel que lhes foi atribuído, pois além de inexperientes, muitos são simplesmente medíocres, jogadores que tem como futuro ficar quicando entre times do segundo e terceiro escalão.

Qualquer previsão realista definia que o objetivo do Botafogo nessa temporada é SOBREVIVER. Não cair sempre foi a meta. E está difícil de acreditar que vamos conseguir atingi-la.

Se cair, meus amigos, vira a Portuguesa.

rfabian

Desde 11/2016 • 1 ano de CANAL
SAO PAULO/SP

Nilton Santos


Em 13/09/2018 às 14:40
 

Pietro, pq vc não desabafa em relação a mim? O papo não tem nada com vc e fica querendo provocar. Eu não sou arrogante. Dou a minha opiniao e peço a de muito pouca gente aqui. Se eu estou certo ou errado é problema meu. Vc de ter ficado sem resposta em alguma babaquice e com o coração magoado. Só pode. Já falei aqui há muito tempo: se minha opinião incomoda, pule, leia outra. Não tenho a mínima intenção de escrever para vc. Então relaxa e siga sua vida. Eu não provoco ninguém. Dou minha opinião e saio. Vc deve achar que eu escrevo bem para ficar lendo, ne?



Marechal Severiano

Desde 09/2008 • 10 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 13/09/2018 às 15:32
 

Não tem como tergiversar. Turcão e Baleia são os grandes responsáveis pela dramática situação que estamos passando.

Hollow

Desde 04/2018
-/RJ

Nilton Santos


Em 13/09/2018 às 16:08
 

Botafogo tem que fechar as portas para nunca mais entrar essas pestes.

pietrantonio

Desde 05/2012 • 6 anos de CANAL
Rio de janeiro/RJ

Garrincha


Em 13/09/2018 às 20:45
 

Costumo ler todas as sandices e babaquices que escrevem, indistintamente. Quanto ao seu estilo, não posso dizer que vc seja um mobral, muito embora, posso e devo, sublinhar a sua prepotência e arrogância.



Nao desejo receber mensagens por email. 

Obrigado 

ultra

Desde 06/2011 • 7 anos de CANAL
Fortaleza/CE

Garrincha


Em 14/09/2018 às 08:22
 

também acho que a diferença principal é incompetência x desonestidade
Muffa é incompetente para dirigir um clube de futebol
Nefasto desonesto

Glorioso7

Desde 12/2016 • 1 ano de CANAL
São Paulo/SP

Garrincha


Em 15/09/2018 às 04:54
 

A parte do CEP é totalmente desvairada. Mas tirando isso eu concordo.

 
Páginas:

Fórum CANALBOTAFOGO - O Seu portal do Botafogo de Futebol e Regatas