Fórum CANALBOTAFOGO
Tópico de discussão

 
Páginas:
macau
  A pandemia joga a nosso de quem?

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Brasilia/DF

Mirim


Em 07/05/2020 às 17:06

A incerteza é o maior aliado do torcedor botafoguense.

Sim, a falta de precisão sobre o que vai acontecer ao clube nos próximos meses, diga-se, período decisivo pra sua existência, é o que ainda mantém a esperança de que tempos melhores podem vir.

É que se fossemos tratar o Botafogo – e tantos outros clubes sem a paixão, apenas profissionalmente -  esses clubes já teriam fechado as portas.  Isso não quer dizer que os clubes não devam ser administrados de modo profissional.

Porém, por mais que Montenegro e outros dirigentes acenem para a transformação do clube em empresa, nossa única saída e de tantas outras equipes também endividadas, não há como garantir que conseguiremos alcançar essa condição.

É que entramos num período de maior incerteza a partir do covid-19. Sim porque antes dessa crise de saúde já vivíamos num ambiente nebuloso. A cada semana, a imprensa anunciava um novo tombo financeiro, como num enredo a encaminhar a proximidade do nosso fim. O que virá após essa pandemia é motivo de especulação sem muita base. É tudo puro chute.

Há quem diga, pelo lado positivo, que os ilustres alvinegros que mantiveram o Botafogo vivo até hoje vão garantir essa transição até que se chegue a um porto seguro.

Isso significa pagar salários, manter em funcionamento a infraestrutura (estádio Nilton Santos, obras no CT e sedes provisórias das categorias de base), entre outras responsabilidades.

Mas até quando eles poderão investir seus recursos no Botafogo e em que condições?

Mas ainda: o que o investidor tem a ganhar “comprando” o Botafogo? E o que a torcida pode esperar desses investidores em tempos tão incertos quanto os de hoje?

É verdade que investidor busca sempre uma ótima oportunidade. E olha no retorno e no custo os principais aspectos de seu investimento. Nesse último caso, com o dólar  nas alturas, o investidor externo tem mais o que ganhar “comprando” o Botafogo agora do que depois.

Afinal, estamos falando de uma equipe de tradição, entre as melhores do país, com infraestrutura razoável e em crescimento e uma torcida que ainda faz a diferença. E, com alguns questionamentos, ainda somos o país do futebol.

É verdade que a legislação que trata do clube-empresa, já foi aprovada na Câmara com a participação decisiva do presidente Rodrigo Maia, também deveria ser aprovada no Senado para criar melhores condições de investimento e maior garantia jurídica.

Mas, aparentemente, esse tipo de matéria precisará de mais apoios, especialmente de senadores que tenham vínculos com clubes com grande dívida, tal como o Botafogo.  

Segundo foi informado, já houve sondagem de grupos de investimentos, entre os quais o GACP Sports, com sede na Flórida, Estados Unidos.

Nas redes sociais também se comenta que outros grupos mantiveram contato e teriam acertado uma carta de intenção ou algo parecido.

Na sequência dessas especulações, o Botafogo tem aparecido na mídia por um suposto interesse em jogadores que já atuaram em grandes equipes mundiais.

Em paralelo, o clube também demite servidores e expõe sua fragilidade no pagamento de atrasados. Como pode uma equipe buscar jogadores de grande expressão, ainda que em final de carreira ou quase aposentados, tendo salários e premiações atrasados?

Enfim, entre avanços e retrocessos, vamos caminhando nesta pré-temporada atípica, torcendo pra que as boas novas se confirmem. 
E que o Botafogo chegue a um porto seguro, capaz de competir fortemente nas competições que ainda acontecerem em 2020 - se ainda houver calendário neste ano.

SA,

Macau

lscunha

Desde 12/2007 • 12 anos de CANAL
blumenau/SC

Garrincha


Em 08/05/2020 às 11:50
 

eu faço uma analogia sobre o que ocorre com o Botafogo, com aquilo que ocorre no Brasil, que já esteve economicamente em solvência, se é que não continue e não estou me posicionando partidariamente.

sabemos que somente co receitas altas, sairemos dessa situação.

o botafogo s/a, vai impedir essa solvência por um tempo, mas somente a fábrica de talentos da base é quem nos levará a ter saldo positivo e para isto o CT é imperativo.

lscunha 

 





LUIZ SERGIO CUNHA

macau

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Brasilia/DF

Mirim


Em 08/05/2020 às 20:18
 

lscunha disse:

eu faço uma analogia sobre o que ocorre com o Botafogo, com aquilo que ocorre no Brasil, que já esteve economicamente em solvência, se é que não continue e não estou me posicionando partidariamente.

sabemos que somente co receitas altas, sairemos dessa situação.

o botafogo s/a, vai impedir essa solvência por um tempo, mas somente a fábrica de talentos da base é quem nos levará a ter saldo positivo e para isto o CT é imperativo.

lscunha 

 

 

Pois é, Iscunha,

E, no meu ponto de vista, quem sair na frente terá mais oportunidade pra resolver a curto prazo a sua condição de solvente.
Por isso, é tão importante o Botafogo ser um dos primeiros clubes a se tornar empresa - os oltros virão a seguir, não há muita alternativa pra essa realidade.
Mas depois, quando um grande número de equipes estiverem nessa condição, nossos vantagem já sofrerá uma forte concorrência, razão pela qual o que vc diz ao final de sua mensagem é fundamental: CT de alta qualidade para formar talentos que serão ativos essenciais pro presente e futuro do Fogão.
E é que outras equipes já dispõem de ótimos CTs e são formadores de jogadores de destaque.  

SA,



macau

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Brasilia/DF

Mirim


Em 08/05/2020 às 20:29
 

Pelo visto, não há dinheiro pro Botafogo sobreviver sem o aporte de invstidor.

Por isso, a matéria divulgada pelo Fogãonet


"Blog: ‘Montenegro diz que projeto Botafogo S/A está pronto para ser implementado’
O momento é tão delicado que pode ser, inclusive, que a transformação em clube empresa saia mesmo antes do projeto que tramita no Senado.

Montenegro diz que o projeto do Botafogo S.A., já aprovado pelo Conselho Deliberativo, está pronto para ser implementado.

E garante que com ele o clube poderá incrementar as receitas.

Em 2019, o orçamento estimou fechar o ano com faturamento de R$ 250 milhões e, com muito esforço, chegou apenas a R$ 191 milhões.

Este ano, projetava-se arrecadar R$ 229 milhões, patamar que não será alcançado.

Embora ainda não se tem ideia do tamanho do buraco, os alvinegros esperam aos menos empatar a previsão de receitas e despesas.

E com evolução patrimonial a partir da conclusão das obras e funcionamento do seu Centro de Treinamento em Vargem Grande.

https://www.fogaonet.com/noticia/botafogo-s-a-pode-sa.. 



lscunha

Desde 12/2007 • 12 anos de CANAL
blumenau/SC

Garrincha


Em 08/05/2020 às 23:15
 

concordo inteiramente.

CT é o pular de tudo.

lscunha 





LUIZ SERGIO CUNHA

 
Páginas:

Fórum CANALBOTAFOGO - O Seu portal do Botafogo de Futebol e Regatas