Fórum CANALBOTAFOGO
Tópico de discussão

 
Páginas:
lscunha
  inferno, purgatório e céu

Desde 12/2007 • 14 anos de CANAL
Blumenau/SC

Garrincha


Em 17/06/2022 às 10:48

A nossa torcida deve entender que o Botafogo não é mais um time associativo, mas uma SAF, ou seja, tem dono e que o mesmo não deve satisfação a ninguém.

Para mim é claro que apesar desse direito, o Textor sempre será acessível as nossas reclamações, mas não age sob rompantes e todas as suas decisões são tomadas dentro de um critério de racionalidade.

Há duas figuras que estão sendo muito criticadas: Mazzuco e Castro.

No que se refere ao Mazzuco, é contestado por suas passagens em outros clubes sem ter obtido sucesso e pelas contratações.

No que tange ao sucesso, penso que a régua de aferição não pode só ter a escala de conquistas, mas sim a da administração, pois ele não entra em campo, mas sim propicia recursos e ao que eu saiba, tudo está correndo para melhor no que diz respeito as medidas por trás de treinamentos e viagens.

Quanto as contratações, ele só entra nas mesmas, depois que a equipe de scouting aponta nomes e muitas vezes com auxílio da equipe do Cristal Palace e aprovação do Textor, ou seja, nos números e fechamentos de contratos, dentro dos limites autorizados pelo Textor.

Já em relação ao Castro, quem jogou futebol em nível de competição, que sentava diante de técnicos com quadros e esquemas táticos, sabe perfeitamente identificar quem entende ou não do riscado e como não é uma combinação, pois os planos do adversário são desconhecidos, mas em grande parte possíveis de serem previstos, face as nossas fragilidades, o imponderável sempre está em campo e cito como exemplo o jogo com o Avai, que seria normal o mesmo ter terminado pelo menos comn 3x1 a nosso favor, tal foi nosso volume de jogo.

Jogamos mal? não, mas finalizamos muito mal.

Estamos num prcesso de reestruturação e na prinmeira janela, a busca foi em sua maioria para jogadores que são oportunidades de mercado e não investimentos, ou seja, quem vieram por empréstimo ou sem compra de direitos econômicos, para montar uma equipe boa e depois com a janela de julho a reforçar com aquisições pontuais, o que nos levará a um nível mais competitivo para que nos livremos do inferno e nos assegure vaga no purgatório.

O caminho para entrar no céu é mais longo e requer mais tempo e investimento e com sorte ele pode vir a ser médio de prazo.

Então, atitudes transloucadas, como a recente invasão, funcionam como fatores de retardamento à excelência, ou alguém duvida, que algumas negoiciações, como a do Zahavi, retrocedam por conta do ocorrido e da insegurança que gerou aos jogadores que estamos em processo de negociação?

A torcida deve entender seu papel e sua importãncia e que as críticas sejam escritas ou faladas e de forma construtivas, mas não violentas e destrutivas.

É claro que temos no mínimo uns 7 pontos perdidos, que eram perfeitamente possíveis de serem ganhos, mas também temos uns outro 6 que ganhamos e poderíamos ter perdido, como o de ontem, que o árbitro poderia ter dado o discutível penalty para o são paulo e mudar toda a história do jogo.

Eu continuo otimista no sentido de que além de não cairmos, conseguiremos uma vaga para a sulamericana,

Quem viver, verá.

lscunha 

 

 



LUIZ SERGIO CUNHA

superstar

Desde 07/2007 • 14 anos de CANAL
RJ

Garrincha


Em 18/06/2022 às 21:19
 

Prezado Cunha,

A razão e a emoção são coisas distintas.

O que foi vendido para a SAF não foi o coração do torcedor, e sim a parte física daquilo que representa o futebol.

Amor, não se vende, não se doa... se conquista! 



lscunha

Desde 12/2007 • 14 anos de CANAL
Blumenau/SC

Garrincha


Em 18/06/2022 às 22:04
 

Amigo Superstar,

você acha que na porta dos 77 anos, eu não saiba que razão e emoção sejam coisas diferentes?

eu, até por força de minha formação na área de exatas, sou muito mais razão que emoção.

eu sei que amor não se compra, mas se conquista e confiança também.

o esquema da SAF é muito mais razão e foi isto que faltou aos nossos dirigentes, para não cair no discurso de negociatas, que sem provas, temos que ficar calados, mas não estamos impedidos de suspeitar.

o fato é que o planejamento é outro e a mentalidade também.

mudanças no planejamento e de pessoas podem ocorrer, mas não é uma coisa banal para americanos e europeus, como ocorre aqui, que dois ou três resultados adversos, levcam a uma mudnça geral.

eu són vou fazer uma análise mais ampla e profunda, depois da segunda janela e até lá, me cabe apenas apoiar e torcer para mantermos a esperança de conseguirmos uma vaga na sulamericana. 

lscunha 





LUIZ SERGIO CUNHA

melhor da pavuna

Desde 12/2018 • 3 anos de CANAL
RIo de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 18/06/2022 às 22:42
 

Tem dono e não deve satisfação, salvou o clube, ok, mas temos que cobrar quando vem 4 derrotas seguidas sendo 2 em casa pra times de Z4, são pontos que não pode perder. Já sobre a invasão, foi criminosa mesmo, não deveria ter acontecido, mas no final das contas eu até entendo a revolta desses caras.



Botafogo (@OGloriosoBFR) / Twitter   

lscunha

Desde 12/2007 • 14 anos de CANAL
Blumenau/SC

Garrincha


Em 19/06/2022 às 09:25
 

Melhor da Pavuna,

eu também acho que devemos cobrar, mas sem invasão e violência.

quem quer ser respeitado, deve também respeitar.

deveriam ter proposto uma reunião e o Textor até participaria por vídeo conferência e provavelmente se chegaria a um consenso entre as partes.

render porteiro e pular muro alheio tem especividades penais.

eu e você teríamos muitas coisas para esclarecer, assim como a galera mais eloquente, mas um papo desarmado levaria até a acordos.

 

lscunha 





LUIZ SERGIO CUNHA

fogao1904

Desde 01/2020 • 2 anos de CANAL
Vitória/ES

Garrincha


Em 19/06/2022 às 22:49
 

As cobranças funcionaram, temos um time de HOMENS agora, que nos trouxeram o céu hoje, com uma vitória gloriosa!

lscunha

Desde 12/2007 • 14 anos de CANAL
Blumenau/SC

Garrincha


Em 20/06/2022 às 12:02
 

a cobrança sempre é válida, desde que seja nos conformes da lei, sem ofensa, agressões e invasões em locais privados.

há uma evidente má vontade por conta de alguns e entendo as sinceras, mas o momento é dessas pessoas também fazerem o justo, que é elogiar o treinador, que no intervalo, com menos um jogador, traçou uma estratégia que funcionou e com um pouco de sorte, pois o inter teve chances, conseguiu levar o time a uma virada.

a mim, me mostrou o que eu já havia escrito no manual e aqui publicado, que os times devem treinar para condições de jogo, com vantagem e desvantagem numérica.

lscunha 





LUIZ SERGIO CUNHA

 
Páginas:

Fórum CANALBOTAFOGO - O Seu portal do Botafogo de Futebol e Regatas