O Botafogo decidiu não renovar o contrato de Marcinho, que se encerra no fim de dezembro de 2020. Após a data, o lateral-direito estará livre no mercado. A informação é do repórter Thiago Veras, da Rádio Tupi.

O clube considera o salário de Marcinho caro e não vai abrir negociações pela manutenção.

No Botafogo desde a base, Marcinho era atacante, virou lateral e foi campeão brasileiro sub-20 em 2016. No ano seguinte, subiu para os profissionais, mas sofreu uma grave lesão no joelho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Marcinho cresceu de produção em 2018 e 2019, ano em que foi convocado por Tite para a Seleção Brasileira. Porém, no início de 2020 sofreu nova lesão no joelho e não atuou na temporada. Ele passará por uma artroscopia e precisará de mais seis semanas para se recuperar.

PUBLICIDADE

 

 

Fonte: Redação FogãoNET e Twitter do Thiago Veras (Rádio Tupi