Fórum CANALBOTAFOGO
Tópico de discussão

 
Páginas:
jploureiro
  Nada como um dia após o outro

Desde 01/2010 • 14 anos de CANAL
Goiânia/GO

Infanto


Em 10/02/2024 às 21:22

Tite, do Flamengo, diz que gramado do Maracanã está "inadmissível" e o culpa por pênalti do Volta Redonda

- É inadmissível o Maracanã ter esse gramado. Não sei quem é o responsável, estou falando o diagnóstico. Parabéns ao Felipe, que é da nova geração de treinadores que me agradam, que gostam de jogar, gostam da bola, que querem jogar. O lance do segundo gol, de pênalti, prejudicou o Volta Redonda 

jploureiro

Desde 01/2010 • 14 anos de CANAL
Goiânia/GO

Infanto


Em 10/02/2024 às 21:23
 

Vai reclamar com o Presidente do Fluminense

Msb

Desde 12/2019 • 4 anos de CANAL
Nova Friburgo/RJ

Garrincha


Em 10/02/2024 às 23:38
 

*?*



things are happening

fams

Desde o início • 17+ anos de CANAL
SP

Garrincha


Em 11/02/2024 às 10:07
 

Manda cobrarem do presidente do flu. Afinal, ele disse que quem não consegue manter um campo em boas condições, nem deveria ter um estádio. Curioso é que tanto flu como fla, quando criticam as condições do campo, se colocam como se não fossem responsáveis por sua manutenção.

instante

Desde 09/2015 • 8 anos de CANAL
SP

Garrincha


Em 11/02/2024 às 10:55
 

A condição dos gramados brasileiros é uma vergonha secular e generalizada. Bons campos sempre foram exceção e a regra são os pastos. Seja na primeira divisão, na segunda, quarta, sexta... no Rio, em São Paulo, na Bahia, Sergipe, Paraná... É simplesmente inacreditável que o maior produtor rural do mundo não consiga cultivar GRAMA!

Isso é puro e simples descaso. Taí o Palmeiras pra mostrar que nem gramado de plástico conseguem (fazem questão de) manter em MÍNIMAS condições. Os clubes gastam milhões com contratações, salários, multas de demissão de treinadores medíocres supervalorizados, mas não tem dinheiro pra fazer a manutenção dos campos?! Claro que tem! Se essa questão fosse tratada com seriedade sequer haveria debate sobre os gramados sintéticos. Esses foram adotados por mera preguiça, essa é a verdade. 

 

Quanto ao pasto dessa abominação do New Maraca, me parece ser caso que remete àquele ditado que o emilio costuma citar: cachorro com mais de um dono morre de fome. O estádio é de três, mas na hora de resolver problema é de ninguém. Vão ficar num jogo de empurra enquanto o gramado se deteriora e faz lembrar os tempos da SUDERJ.

Pelo menos alguma identificação com o saudoso Maraca foi preservada...





"Mas eles me idolatram antes que eu ganhe um único jogo. "

TEX, John 

Scott

Desde o início • 17+ anos de CANAL
Feira de Santana/BA

Garrincha


Em 11/02/2024 às 11:02
 

Gramado no clima temperado europeu é mais fácil. Aqui no Brasil a solução é o sintético mesmo.



O Botafogo resgatou a derrota das garras da vitória.

Alvinegro21

Desde 07/2019 • 4 anos de CANAL
Rio de janeir/RJ

Garrincha


Em 11/02/2024 às 12:55
 

sintético ou natural? se não tiver manutenção adequado ambos podem ficar uma Mierda

 

 

Antigamente - década de 80 para trás, no Maraca tinha jogos quartas, domingos e as vezes sábados. Todos os jogos tinham preliminares de juniores e o gramado era bom.





jploureiro

Desde 01/2010 • 14 anos de CANAL
Goiânia/GO

Infanto


Em 11/02/2024 às 17:02
 

É só hipocresia, os que mais criticam a grama sintética, os malandros dirigentes de fla e flu, são os que nunca tem gramados bons

 



fams

Desde o início • 17+ anos de CANAL
SP

Garrincha


Em 11/02/2024 às 19:55
 

Nunca têm gramados bons porque não têm sequer estádio. Preferem criticar e sempre culpar os outros.

Tuxo

Desde 03/2015 • 8 anos de CANAL
Belo Horizonte/MG

Garrincha


Em 13/02/2024 às 08:36
 

instante disse:

A condição dos gramados brasileiros é uma vergonha secular e generalizada. Bons campos sempre foram exceção e a regra são os pastos. Seja na primeira divisão, na segunda, quarta, sexta... no Rio, em São Paulo, na Bahia, Sergipe, Paraná... É simplesmente inacreditável que o maior produtor rural do mundo não consiga cultivar GRAMA!

Isso é puro e simples descaso. Taí o Palmeiras pra mostrar que nem gramado de plástico conseguem (fazem questão de) manter em MÍNIMAS condições. Os clubes gastam milhões com contratações, salários, multas de demissão de treinadores medíocres supervalorizados, mas não tem dinheiro pra fazer a manutenção dos campos?! Claro que tem! Se essa questão fosse tratada com seriedade sequer haveria debate sobre os gramados sintéticos. Esses foram adotados por mera preguiça, essa é a verdade. 

 

Quanto ao pasto dessa abominação do New Maraca, me parece ser caso que remete àquele ditado que o emilio costuma citar: cachorro com mais de um dono morre de fome. O estádio é de três, mas na hora de resolver problema é de ninguém. Vão ficar num jogo de empurra enquanto o gramado se deteriora e faz lembrar os tempos da SUDERJ.

Pelo menos alguma identificação com o saudoso Maraca foi preservada...



Na mosca.

Tem q tratar condição do gramado como jogar objeto no gramado, ou ate mesmo como estao tratando declarações contra a arbitragem (uma seriedade q ultrapassa o limite do aceitavel, chegando a ser patetico)

Tira ponto dos times, tira mando de campo... Qdo teve probelma de na torcida, sao januaria nao ficou interditado sabe -se la qto tempo?

mas o futebol brasileiro tem , alem desse, tantos problemas, q se a gente for enumerar, explica oq ta acontecendo ate com a seleção brasileira

Mas no fim, como disse o amigo do post, falta é seriedade


lscunha

Desde 12/2007 • 16 anos de CANAL
Blumenau/SC

Garrincha


Em 13/02/2024 às 14:58
 

EU, no ano e que joguei futebol de campo, antes de me decidir pelo futebol de salão, joguei na maioria dos campos do Rio e tinha alguns bons, muitos regulares e um ou outro ruins.

O campo do Bangu, que era em dimensão, o maior em áre que eu joguei, apesar de ser o mais inclemente, pois acho que lá é que está a porta para o inferno, era muito bom e nivelado por um bando de carneiros que nele pastavam e aparavam a grama.

Curioso 

Já veterano, joguei em campos do Recife e foi no péssimo gramado do Náutico que pisei num buraco para girar o corpo e lá se foram os meniscos interno e externo do joelho esquerdo e daí para frente NUNCA mais me RECUPEREI dA ATROFIA PÓS-OPERAÇÃO E VIREI PELADEIRO.

TODAVIA, OS CAMPOS DE MINHA JUVENTUDE E FALO DO cONFIANÇA, aNDARAY, Sampaio, Marechal Hermes, de um que era ao lado da Zona do Mangue, etc.., eram menos ruins que os utilizados hoje nos estaduais.

Nunca joguei em sintético e por isso não posso dar minha opinião, mas se cuidarem bem dos gramados naturais, acho que haveria uma melhora.

Esse debate me leva para as quadras e joguei em quadra de tacos, assoalhada e rala côco (isso sim era o inferno), mas nunca nas de piso de epóxi. 

lscunha 





LUIZ SERGIO CUNHA

jploureiro

Desde 01/2010 • 14 anos de CANAL
Goiânia/GO

Infanto


Em 13/02/2024 às 20:33
 

lscunha disse:

EU, no ano e que joguei futebol de campo, antes de me decidir pelo futebol de salão, joguei na maioria dos campos do Rio e tinha alguns bons, muitos regulares e um ou outro ruins.

O campo do Bangu, que era em dimensão, o maior em áre que eu joguei, apesar de ser o mais inclemente, pois acho que lá é que está a porta para o inferno, era muito bom e nivelado por um bando de carneiros que nele pastavam e aparavam a grama.

Curioso 

Já veterano, joguei em campos do Recife e foi no péssimo gramado do Náutico que pisei num buraco para girar o corpo e lá se foram os meniscos interno e externo do joelho esquerdo e daí para frente NUNCA mais me RECUPEREI dA ATROFIA PÓS-OPERAÇÃO E VIREI PELADEIRO.

TODAVIA, OS CAMPOS DE MINHA JUVENTUDE E FALO DO cONFIANÇA, aNDARAY, Sampaio, Marechal Hermes, de um que era ao lado da Zona do Mangue, etc.., eram menos ruins que os utilizados hoje nos estaduais.

Nunca joguei em sintético e por isso não posso dar minha opinião, mas se cuidarem bem dos gramados naturais, acho que haveria uma melhora.

Esse debate me leva para as quadras e joguei em quadra de tacos, assoalhada e rala côco (isso sim era o inferno), mas nunca nas de piso de epóxi. 

lscunha 

Com sua experiência e coração botafoguense de verdade, podia ao menos pisar em nosso gramado sintético para avaliar se procede a opinião de jogadores.


lscunha

Desde 12/2007 • 16 anos de CANAL
Blumenau/SC

Garrincha


Em 13/02/2024 às 21:31
 

Eu moro em Blumenau e já pisei em gramados sintéticos, pois a maioria das escolinhas particulares de futebol daqui da cidade, possuem esse piso, mas não com cortiça, e sim de canutilhos de derivados, creio de petróleo.

As chuteiras têm travas de borracha e no visual, dá para ver que a bola corre mais e rola sem quicar.

Talvez seja mais cansativo, mas se não proíbem jogos em altidudes de alguns quilometros, não vejo porque proibir em gramados sintéticos

A próxima vez que for ao Rio, irei checar in loco o nosso tapetinho.

Eu acho mais lógico discutirmos jogos em altitudes bem elevadas que no tipo de revestimento de piso dos jogos,

lscunha 

 





LUIZ SERGIO CUNHA

Marlonster

Desde 05/2011 • 12 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 14/02/2024 às 18:05
 

Tuxo disse:
instante disse:

A condição dos gramados brasileiros é uma vergonha secular e generalizada. Bons campos sempre foram exceção e a regra são os pastos. Seja na primeira divisão, na segunda, quarta, sexta... no Rio, em São Paulo, na Bahia, Sergipe, Paraná... É simplesmente inacreditável que o maior produtor rural do mundo não consiga cultivar GRAMA!

Isso é puro e simples descaso. Taí o Palmeiras pra mostrar que nem gramado de plástico conseguem (fazem questão de) manter em MÍNIMAS condições. Os clubes gastam milhões com contratações, salários, multas de demissão de treinadores medíocres supervalorizados, mas não tem dinheiro pra fazer a manutenção dos campos?! Claro que tem! Se essa questão fosse tratada com seriedade sequer haveria debate sobre os gramados sintéticos. Esses foram adotados por mera preguiça, essa é a verdade. 

 

Quanto ao pasto dessa abominação do New Maraca, me parece ser caso que remete àquele ditado que o emilio costuma citar: cachorro com mais de um dono morre de fome. O estádio é de três, mas na hora de resolver problema é de ninguém. Vão ficar num jogo de empurra enquanto o gramado se deteriora e faz lembrar os tempos da SUDERJ.

Pelo menos alguma identificação com o saudoso Maraca foi preservada...



Na mosca.

Tem q tratar condição do gramado como jogar objeto no gramado, ou ate mesmo como estao tratando declarações contra a arbitragem (uma seriedade q ultrapassa o limite do aceitavel, chegando a ser patetico)

Tira ponto dos times, tira mando de campo... Qdo teve probelma de na torcida, sao januaria nao ficou interditado sabe -se la qto tempo?

mas o futebol brasileiro tem , alem desse, tantos problemas, q se a gente for enumerar, explica oq ta acontecendo ate com a seleção brasileira

Mas no fim, como disse o amigo do post, falta é seriedade


Tuxo, na mosca 2.0. O problema desse apocalipse futebolístico no país tem nome e sobrenome: CBF. Se houvesse legislação que proibisse o time de jogar em casa devido ao gramado em péssimo estado, num passe de mágica os clubes iriam se coçar e investir milhões pra deixar os gramados naturais em bom estado. Nesse caso teriam que criar padrões e regras pra analisar o mínimo de qualidade do gramado. Mas cadê que a CBF investe na melhoria do futebol brasileiro? Aliás, nem tem interesse nisso pois a preocupação dela é só lucrar com a seleção e os patrocínios polpudos. Pra ela, os clubes que se fodam, que se virem sozinhos com seus problemas e dívidas. O irônico é que ela convoca jogadores importantes desses mesmos clubes e de certa forma prejudica pois é um desfalque. CBF só suga os clubes, sem dar nada em troca. A valorização acaba nem valendo tanto a pena pois vai que num jogo crucial o craque do time é convocado? Só prejuízo.



 
Páginas:

Fórum CANALBOTAFOGO - O Seu portal do Botafogo de Futebol e Regatas