Fórum CANALBOTAFOGO
Tópico de discussão

 
Páginas:
FOGÃO V.R.
  OT - Record e os estaduais.

Desde 01/2012 • 9 anos de CANAL
Volta Redonda/RJ

Garrincha


Em 25/09/2021 às 05:22

A Record venceu uma concorrência pelos direitos do Paulista e levou um contrato de quatro anos para a TV aberta. A disputa envolveu Globo, SBT e Band: isso aumentou os valores e deve incrementar a renda dos times de São Paulo. 

empacotamento do Paulista por jogos foi feito pela LiveMode, parceira da Federação Paulista de Futebol (FPF). A previsão é de que, com isso, já tenha garantido um aumento do valor total pago pelo campeonato que gira em torno de R$ 250 milhões.

Isso porque houve de fato concorrência pela TV aberta, com propostas feitas por SBT, Globo e Record. A Band saiu antes do final do processo. Com isso, o valor se elevou, mas o valor não foi divulgado.

Em outros Estados, os clubes e federações têm tido dificuldade para obter receita sequer próxima do Paulista. O Carioca teve um contrato de TV aberta com a Record de R$ 15 milhões no próximo ano. Gaúcho e Mineiro têm contratos no final e a sinalização atual é de ofertas inferiores aos acordos anteriores.

Rodrigo Mattos - UOL 

FOGÃO V.R.

Desde 01/2012 • 9 anos de CANAL
Volta Redonda/RJ

Garrincha


Em 25/09/2021 às 05:26
 

Inacreditável o abismo que se criou entre os campeonatos paulista e carioca.Os mais antigos lembram que o carioca era o estadual mais visto pelo Brasil,agora somos coadjuvantes da Paulicéia.O lixo agradece e reina sozinho no Rio.Lamentável 

alvinegro21

Desde 07/2019 • 2 anos de CANAL
Rio de janeir/RJ

Garrincha


Em 25/09/2021 às 10:10
 

FOGÃO V.R. disse:

A Record venceu uma concorrência pelos direitos do Paulista e levou um contrato de quatro anos para a TV aberta. A disputa envolveu Globo, SBT e Band: isso aumentou os valores e deve incrementar a renda dos times de São Paulo. 

empacotamento do Paulista por jogos foi feito pela LiveMode, parceira da Federação Paulista de Futebol (FPF). A previsão é de que, com isso, já tenha garantido um aumento do valor total pago pelo campeonato que gira em torno de R$ 250 milhões.

Isso porque houve de fato concorrência pela TV aberta, com propostas feitas por SBT, Globo e Record. A Band saiu antes do final do processo. Com isso, o valor se elevou, mas o valor não foi divulgado.

Em outros Estados, os clubes e federações têm tido dificuldade para obter receita sequer próxima do Paulista. O Carioca teve um contrato de TV aberta com a Record de R$ 15 milhões no próximo ano. Gaúcho e Mineiro têm contratos no final e a sinalização atual é de ofertas inferiores aos acordos anteriores.

Rodrigo Mattos - UOL 



acho que eles jogaram mais alto pra poder levar da "globolixo". Devem receber ajuda financeira extra de uma galera ai.  

É tudo parte do jogo político. Quem pagará a conta já sabe né.



Scott

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Feira de Santana/BA

Garrincha


Em 25/09/2021 às 10:17
 

250 x 15 milhões não é nem mais o caso de chamar de protagonista e coadjuvante. Perto de 250, 15 milhões é irrelevante. Deram de graça.



Zamasu

Desde 10/2017 • 3 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 25/09/2021 às 11:58
 

FOGÃO V.R. disse:
Inacreditável o abismo que se criou entre os campeonatos paulista e carioca.Os mais antigos lembram que o carioca era o estadual mais visto pelo Brasil,agora somos coadjuvantes da Paulicéia.O lixo agradece e reina sozinho no Rio.Lamentável 


pois é. E é inegável que o campeonato paulista e até o gaúcho são bem mais competitivos que o Carioca 

alem de Botafogo e Vasco na pindaíba, e o Fluminense sobrevivendo graças a base, os times pequenos daqui são ridículos. Só o Bangu passou pro mata-mata da Série D (e já foi eliminado). Volta Redonda na Série Ç fez vergonha (no sentido que tava com a vaga quase garantida, aí se enrolou com times rebaixados dependendo agora de derrota de quem tá na frente dele).

os times pequenos do Rio são fraquíssimos, nem pra ser seleiro de jogadores eles prestam.

só pra comparar nem com os paulistas, mas com os gaúchos mesmo: Brasil de Pelotas tá na série B (beleza que na lanterna). Ypiranga passou de fase na série C. Caxias tá nas oitavas de final da D.

por isso ninguém paga nada pelo Cariocão. E não é só culpa do Flamengo não. Os times pequenos do Rio, que cada um é curral de uma determinada família, são mais culpados ainda pois são os que sofrem mais com isso e ainda assim apoiam o Flamengo.





S/A existente é "saudações alvinegras" 😂

Mineirow@hotmail.com

Desde 09/2013 • 8 anos de CANAL
zona rural/MG

Garrincha


Em 25/09/2021 às 12:52
 

Times do interior carioca são amadores se comparados aos de são paulo.

Meu time aqui da roça coloca cabofriense, friburguense e outros na roda.

 





βÓτΛƒÔ

Mineiro♣

 

 

 

gunarfogo

Desde 10/2017 • 4 anos de CANAL
Cruzeiro sp/Fora do Brasil

Garrincha


Em 25/09/2021 às 13:20
 


Logotipo Jornal A Voz da Serra

Clubes ainda aguardam pelas cotas de TV do Carioca 2021

Essa é uma realidade enfrentada por todos os clubes do Estado, até mesmo aqueles que participaram da fase principal do Campeonato Carioca
QUINTA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2021
POR VINICIUS GASTIN
Clubes ainda aguardam por parcela das cotas de TV do Carioca 2021
Clubes ainda aguardam por parcela das cotas de TV do Carioca 2021

Um dos grandes problemas enfrentados pelo Friburguense é a falta de novas receitas. Mesmo aquelas anteriormente programadas, em especial a cota de TV, não entrará mais nos cofres do clube, por conta do rompimento entre a Rede Globo e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj). São R$ 750 mil que deixam de vir, e desequilibram todo um planejamento de equalização de dividas e prosseguimento das atividades.

Essa é uma realidade enfrentada por todos os clubes do Estado, até mesmo aqueles que participaram da fase principal do Campeonato Carioca. No começo de fevereiro, a Rede Record fechou um acordo de R$ 26 milhões pelos direitos de transmissão dos jogos do Cariocão em 2021 e 2022. Dentro desse montante, 60% iriam ser destinados aos quatro grandes clubes do estado e os demais 40% ficariam com os oito clubes que disputam a competição (Bangu, Boavista, Macaé, Madureira, Portuguesa, Resende, Volta Redonda e Nova Iguaçu).

Além desses valores, as equipes ainda teriam direitos em cima da venda de PPV – o acordo firmado destinaria 53% das vendas para o time indicado pelo torcedor. O Saferj (Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Rio Janeiro) apresentou um documento informando que a última parcela dos direitos de arena (representando 5% dos valores fechados com a emissora) ainda não foi paga.

Segundo o ofício, foram pagas três parcelas: em 25 de fevereiro, R$ 125 mil; no dia 2 de março, mais R$ 125 mil e, em 20 de abril, R$ 100 mil. O valor que ainda falta é de R$ 200 mil, ou seja, 36% do valor que deveria ser destinado ao Saferj (valor total segundo o próprio Sindicato é de R$ 550 mil). Ainda segundo o comunicado, os 5% serão repassados aos atletas assim que forem pagos de forma integral.

Tal medida já foi refletida nos jogos da última rodada do Campeonato Carioca. Os jogadores do Macaé protestaram se sentando no gramado durante as últimas partidas disputadas pela equipe, em virtude da falta de pagamentos de salários e pela falta de condições de treinamento. A direção declarou, em nota oficial, que apoia a decisão de seus jogadores e que a principal responsável pela falta de pagamentos é a Federação do Rio de Janeiro (Ferj).

"A diretoria do clube respeita o posicionamento do nosso elenco, que vem sendo prejudicado com a falta de treinamentos adequados. Nosso município e os circunvizinhos, devido à pandemia, proibiram o uso de campos e similares por decretos. Enviamos ofício para a Ferj, que respondeu que deveríamos treinar em cidades que estivessem liberadas, porém o clube não recebeu, até o momento, nenhum pagamento referente às cotas de transmissão da TV, inviabilizando o pagamento das despesas com mudança de cidade durante a competição. Nossos atletas estão prejudicados no aspecto técnico e financeiro, sem o sagrado direito de recebimento de salários ", diz um trecho da nota.



gunarfogo

Desde 10/2017 • 4 anos de CANAL
Cruzeiro sp/Fora do Brasil

Garrincha


Em 25/09/2021 às 13:22
 

Pequenos do RJ têm cotas de TV maiores que clubes da elite

  • Silvio Barsetti
Silvio Barsetti
30 jan201914h34
Compartilhar
Bangu, Boavista (foto), Cabofriense e Portuguesa estão sendo beneficiados com cotas fixas de R$ 4 milhões pela disputa do Estadual
Bangu, Boavista (foto), Cabofriense e Portuguesa estão sendo beneficiados com cotas fixas de R$ 4 milhões pela disputa do Estadual
Foto: Alexandre Loureiro/Eleven / Estadão

Há uma desproporção na distribuição do dinheiro que vem da TV, comparando-se vários Estaduais. Isso fica nítido quando se confrontam as cotas de pequenos do Rio com clubes que integram a elite do futebol nacional. Por causa disso, o Atlético-PR tem levantado, já faz alguns anos, uma revisão profunda desses valores.

No Rio, Bangu, Boavista, Cabofriense e Portuguesa estão sendo beneficiados com cotas fixas de R$ 4 milhões pela disputa do Estadual e ainda podem abocanhar uma fatia extra do bolo de R$ 7,9 milhões destinados à premiação dos melhores no Carioca.

PUBLICIDADE

Bangu e Cabofriense não integram nem a quarta divisão nacional, competição que terá neste ano 68 clubes e contará com Portuguesa e Boavista.

Atual campeão da Copa Sul-Americana e 7º colocado da Série A do Brasileiro do ano passado, o Atlético-PR recebe R$ 450 mil da TV para jogar o Estadual, mesma quantia entregue ao Coritiba, hoje na Série B do principal campeonato do País.

Outros dois clubes na elite do futebol do Brasil em 2019, Ceará e Fortaleza também ficam distantes dos pequenos do Rio quando o assunto é cota de TV no Estadual – cada um tem direito a apenas R$ 650 mil no Cearense.

No Campeonato Baiano, a cota para Bahia e Vitória é igual – R$ 974 mil. O time tricolor se manteve na Série A do Brasileiro, já o seu rival caiu para a Série B 



gunarfogo

Desde 10/2017 • 4 anos de CANAL
Cruzeiro sp/Fora do Brasil

Garrincha


Em 25/09/2021 às 13:35
 

Ou seja o já era ruim vai piorar a cota dos pequenos do RJ era 4 milhões  agora não chega nem a 100 mil reais dos pequenos de sp  paulistão  era de 6 milhões 

fred7

Desde 11/2017 • 3 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Nilton Santos


Em 25/09/2021 às 14:08
 

É o valor total de 250 milhões pelos 4 anos. Daria 62,5 por ano. 

Os ridículos 15 milhões no Carioca é pelo próximo campeonato.

São Paulo tem: 5 times na primeira divisão nacional, 2 na segunda divisão, 4 na terceira. 

Rio de Janeiro tem: 2 times na primeira, 2 na segunda, 1 na terceira.

Infelizmente essa discrepância nos valores é culpa dos próprios clubes do Rio junto com a FERJ.



lolacampo

Desde 12/2007 • 13 anos de CANAL
nova venecia/ES

Garrincha


Em 26/09/2021 às 06:56
 

o futebo do rio, tirando mulambos, flores, vasco e botafogo falido e de refugo, é a mesma merda do futebol capixaba. Em alguns anos os times pequenos do rio não farão parte de nenhuma serie do futebol brasileiro. 

Vai entrar na serie D e ser eliminado. 





ßOTAFOGO FR - O MAIS BONITO DO MUNDO!

PetFonseca

Desde 02/2012 • 9 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 27/09/2021 às 11:15
 

Quem vai querer pagar por um produto onde o próprio interessado (FERJ) dá tiro no pé o tempo todo...????

Se nem a própria federação tem moral, quem será o trouxa que vai comprar isso???

Quem vai ficar querendo ver a mulambada jogar TODAS as partidas no Maracanã, sem poder "sujar" os pezinhos em outros estadios??  Quem leva à sério isso...  

3 turnos???

O negócio já não era muito bom e conseguiram piorar mais ainda... 

Campeonato completamente desmoralizado!!!! 

Que o Botafogo coloque a base pra jogar isso e faça turismo mundo a fora... 



Vini-s

Desde 02/2016 • 5 anos de CANAL
Porto Alegre/RS

Garrincha


Em 27/09/2021 às 11:35
 

Globo pagava 180 milhões por carioca e os espertos dê-lhe reclamar, querendo ir atrás do discurso globolixo do presidente e crente que os clubes iam ganhar mais de canal próprio que tv, o 'futuro é streaming', a 'mamata da Globo acabou'... Foi dito à exaustão que era tiro no pé, mas os caras querem analisar com bolas de político na boca, mesmo que seja pra favorecer o Flamengo.

Era óbvio que o maior desastre da MP Flamenguista e cancelamento dos contratos ia ser a globo se dar conta que tava pagando muito mais que precisava pelo futebol. A globo coloca reprise de novela e dá mais audiência que semifinal de Libertadores entre brasileiros no SBT.

Fizeram esse contrato aí com a Record, que passa novela bíblica pra todo o pais (não tem como ver mais o Carioca fora do Rio em tv, só com PPV caríssimo), e ainda não pagou. Os times naturalmente sofrendo pra arrumar patrocinador, já que os jogos estão escondidos e viraram abrangência regional.  

Brasileiro vai ser uma porrada pra baixo a proxima negociação tbm e não me admiro se eles abrirem mão da disputa na tv aberta. 





 


Opinião acima verificada por software. Não aceite fake news. Know-how é respirar fact checking e evitar anglicismos online. 


 

 
Páginas:

Fórum CANALBOTAFOGO - O Seu portal do Botafogo de Futebol e Regatas