Fórum CANALBOTAFOGO
Tópico de discussão

 
Páginas:
lscunha
  Sincronismo - Continuação

Desde 12/2007 • 13 anos de CANAL
Blumenau/SC

Garrincha


Em 18/01/2021 às 10:05

Como se percebe nos exemplos, quase sempre a sincronização se estabelece entre dois ou mais companheiros de equipes e mais comumente entre três companheiros e dessa forma chegamos a um procedimento ao qual chamo de dança dos polígonos girantes, pois o sincronismo inicial pode se movimentar de forma semelhante a onda que os torcedores executam nas arquibancadas, na qual a participação de cada torcedor ocorre no tempo certo e de uma mesma forma coreográfica.

Vejamos um exemplo:

 

Nesse caso, o lateral esquerdo avançou para estreitar a distância para corpo a corpo com o ponteiro adversário o que impôs ao seu ponteiro esquerdo a voltar na diagonal para ocupar o espaço deixado pelo volante, o qual foi ocupar o espaço deixado pelo lateral e assim percebemos o triângulo girante.

Mas vamos mais adiante e observarmos que esse triângulo girante inicial, deixou a descoberto o setor......

 

Por outro lado, toda vez que há uma movimentação, seja individual como coletiva, se abre um espaço relativo à posição que estava ocupada, a qual tem que ser rapidamente preenchida, para não formar buracos que permitam o adversário a ocupar e estabelecer uma supremacia nessa posição e em seus arredores mais próximos.

O sincronismo é a resultante de um estado mental de percepção premonitória e de tempo de ação, ou seja, um impulso reflexivo e para ser realizado de forma adequada, pois é uma improvisação coletiva, é imperativo a comunhão mental da equipe ou de uma parte de seus componentes.

Em matemática existe um assunto que é muito utilizado no cálculo de probabilidades, o qual é conhecido como análise combinatória, a qual nos traz as noções de permutação, arranjos e combinações.

Permutações são os agrupamentos possíveis no caso de envolver todos os elementos desses agrupamentos num determinado lance e que no caso seriam os 11 jogadores, o que não é possível de ocorrer.

Arranjos seriam agrupamentos de alguns jogadores como por exemplo 4 dos 11, numa determinada demanda de jogo, mas considerando uma obediência a ordem de posicionamento setorial, o que muitas vezes não é possível no futebol, pois nem sempre o lateral direito está posicionado no seu setor de jogo, que seria o defensivo direito ou seu centroavante na linha de entrada da grande área, mas caído para um dos flancos e assim se sucede na dinâmica de jogo, o que nos elimina essa perspectiva de formação de arranjos.

Combinações também são agrupamentos de alguns jogadores numa demanda, mas não impondo ordem de posicionamento inicial dos setores, mas sim a situação deles nesse momento, onde pode ser que o atacante de flanco esteja de posição trocada numa ação defensiva com seu correspondente lateral ou numa ofensiva com seu centroavante.

Se calcularmos uma combinação de 4 dos 11 jogadores de um time, teremos como possibilidade, um número de 330 ações, o que convenhamos seria possível uma escolha mais adequada, pois isso demandaria um tempo muito maior que o do próprio jogo.

Se adotarmos como estratégia que a ocupação do espaço aberto será preenchida sempre pelo jogador que mais perto estiver do mesmo, isso além de nos permitir o imediatismo da ação de recomposição, uma e somente uma poderá ser a solução.

Essa solução é, portanto, decorrente de uma mentalização coletiva, que é o que buscávamos.

E não precisa que os jogadores conheçam matemática, mas tão somente procedam conforme seus distanciamentos dos espaços, pois a regra é:

Quem no sincronismo se desloca para ocupar o espaço aberto pela movimentação de um companheiro é quem está mais próximo do ponto a ser ocupado e assim sucessivamente.

Ou seja, o tempo todo, como o automatismo na direção de um carro, se sou o mais próximo.

Se ele sai, eu entro.

Algumas regras básicas devem ser estabelecidas nesse sincronismo e vamos citar algumas delas:- A recomposição das jogadas com ocupações de posicionamentos de companheiro deve ser processada por aquele que estiver mais próximo, pois        a fará em menor tempo.

- As recomposições que desguarneçam setores que possam trazer risco acentuado de vulnerabilidade não devem seguir a movimentação acima citada, mas os componentes do time, principalmente aqueles que possuem boa leitura de lances e no caso o capitão que deve ser escolhido não por ser o mais antigo ou o mais tecnicamente brilhante, porém ser o mais futebolisticamente inteligente, deve comandar a ação, gritando o nome de quem deve fazer essa cobertura e tão logo o indicado iniciar seu movimento de ocupação, gritar o nome de quem fará a cobertura da cobertura e assim sucessivamente

- Os contra-ataques devem ser efetuados com a maior velocidade possível e como a bola é muito mais rápida que qualquer um correndo, é imprescindível que os posicionamentos estejam adequados a ação que está sendo deflagrada. 

Os contra-ataques devem ser armados do lado oposto ao que está a bola e se o adversário na posse da bola a conduzir para o outro lado, a movimentação dos envolvidos também devem trocar de posicionamento para o lado oposto, pois é desse lado oposto ao da bola que sendo a mesma retomada do adversário, permita melhor enxergar os posicionamentos dos companheiros e fazer os lançamentos para eles.

 

Ouso dizer que no momento atual do futebol mundial, o técnico que souber treinar sua equipe, mesmo que modesta, com um plano de movimentação e sincronismo, será bem sucedido em todos os campeonatos que participar, pois essa prática traz para o seu time um padrão e volume de jogo num patamar coletivo tão elevado, que anulará a vantagem técnica individual de seus adversários, de forma incontestável.

 

Lembro que as fotos ilustrativas dos exemplos, não puderam ser inseridas.

abraços,

lscunha 



LUIZ SERGIO CUNHA

Nicanor Passos

Desde 09/2020
Goiânia/GO

Nilton Santos


Em 20/01/2021 às 16:13
 

lscunha disse:

Como se percebe nos exemplos, quase sempre a sincronização se estabelece entre dois ou mais companheiros de equipes e mais comumente entre três companheiros e dessa forma chegamos a um procedimento ao qual chamo de dança dos polígonos girantes, pois o sincronismo inicial pode se movimentar de forma semelhante a onda que os torcedores executam nas arquibancadas, na qual a participação de cada torcedor ocorre no tempo certo e de uma mesma forma coreográfica.

Vejamos um exemplo:

 

Nesse caso, o lateral esquerdo avançou para estreitar a distância para corpo a corpo com o ponteiro adversário o que impôs ao seu ponteiro esquerdo a voltar na diagonal para ocupar o espaço deixado pelo volante, o qual foi ocupar o espaço deixado pelo lateral e assim percebemos o triângulo girante.

Mas vamos mais adiante e observarmos que esse triângulo girante inicial, deixou a descoberto o setor......

 

Por outro lado, toda vez que há uma movimentação, seja individual como coletiva, se abre um espaço relativo à posição que estava ocupada, a qual tem que ser rapidamente preenchida, para não formar buracos que permitam o adversário a ocupar e estabelecer uma supremacia nessa posição e em seus arredores mais próximos.

O sincronismo é a resultante de um estado mental de percepção premonitória e de tempo de ação, ou seja, um impulso reflexivo e para ser realizado de forma adequada, pois é uma improvisação coletiva, é imperativo a comunhão mental da equipe ou de uma parte de seus componentes.

Em matemática existe um assunto que é muito utilizado no cálculo de probabilidades, o qual é conhecido como análise combinatória, a qual nos traz as noções de permutação, arranjos e combinações.

Permutações são os agrupamentos possíveis no caso de envolver todos os elementos desses agrupamentos num determinado lance e que no caso seriam os 11 jogadores, o que não é possível de ocorrer.

Arranjos seriam agrupamentos de alguns jogadores como por exemplo 4 dos 11, numa determinada demanda de jogo, mas considerando uma obediência a ordem de posicionamento setorial, o que muitas vezes não é possível no futebol, pois nem sempre o lateral direito está posicionado no seu setor de jogo, que seria o defensivo direito ou seu centroavante na linha de entrada da grande área, mas caído para um dos flancos e assim se sucede na dinâmica de jogo, o que nos elimina essa perspectiva de formação de arranjos.

Combinações também são agrupamentos de alguns jogadores numa demanda, mas não impondo ordem de posicionamento inicial dos setores, mas sim a situação deles nesse momento, onde pode ser que o atacante de flanco esteja de posição trocada numa ação defensiva com seu correspondente lateral ou numa ofensiva com seu centroavante.

Se calcularmos uma combinação de 4 dos 11 jogadores de um time, teremos como possibilidade, um número de 330 ações, o que convenhamos seria possível uma escolha mais adequada, pois isso demandaria um tempo muito maior que o do próprio jogo.

Se adotarmos como estratégia que a ocupação do espaço aberto será preenchida sempre pelo jogador que mais perto estiver do mesmo, isso além de nos permitir o imediatismo da ação de recomposição, uma e somente uma poderá ser a solução.

Essa solução é, portanto, decorrente de uma mentalização coletiva, que é o que buscávamos.

E não precisa que os jogadores conheçam matemática, mas tão somente procedam conforme seus distanciamentos dos espaços, pois a regra é:

Quem no sincronismo se desloca para ocupar o espaço aberto pela movimentação de um companheiro é quem está mais próximo do ponto a ser ocupado e assim sucessivamente.

Ou seja, o tempo todo, como o automatismo na direção de um carro, se sou o mais próximo.

Se ele sai, eu entro.

Algumas regras básicas devem ser estabelecidas nesse sincronismo e vamos citar algumas delas:- A recomposição das jogadas com ocupações de posicionamentos de companheiro deve ser processada por aquele que estiver mais próximo, pois        a fará em menor tempo.

- As recomposições que desguarneçam setores que possam trazer risco acentuado de vulnerabilidade não devem seguir a movimentação acima citada, mas os componentes do time, principalmente aqueles que possuem boa leitura de lances e no caso o capitão que deve ser escolhido não por ser o mais antigo ou o mais tecnicamente brilhante, porém ser o mais futebolisticamente inteligente, deve comandar a ação, gritando o nome de quem deve fazer essa cobertura e tão logo o indicado iniciar seu movimento de ocupação, gritar o nome de quem fará a cobertura da cobertura e assim sucessivamente

- Os contra-ataques devem ser efetuados com a maior velocidade possível e como a bola é muito mais rápida que qualquer um correndo, é imprescindível que os posicionamentos estejam adequados a ação que está sendo deflagrada. 

Os contra-ataques devem ser armados do lado oposto ao que está a bola e se o adversário na posse da bola a conduzir para o outro lado, a movimentação dos envolvidos também devem trocar de posicionamento para o lado oposto, pois é desse lado oposto ao da bola que sendo a mesma retomada do adversário, permita melhor enxergar os posicionamentos dos companheiros e fazer os lançamentos para eles.

 

Ouso dizer que no momento atual do futebol mundial, o técnico que souber treinar sua equipe, mesmo que modesta, com um plano de movimentação e sincronismo, será bem sucedido em todos os campeonatos que participar, pois essa prática traz para o seu time um padrão e volume de jogo num patamar coletivo tão elevado, que anulará a vantagem técnica individual de seus adversários, de forma incontestável.

 

Lembro que as fotos ilustrativas dos exemplos, não puderam ser inseridas.

abraços,

lscunha 

Mestre,

Enviei algumas imagens na tua caixa de mensagens. Abra o teu e-mail e me retorne para falarmos do que se trata. 

Grande abraço. 



lscunha

Desde 12/2007 • 13 anos de CANAL
Blumenau/SC

Garrincha


Em 20/01/2021 às 16:58
 

Amigo Nicanor,

 Lhe envei as partes 7 e 8, mas já tenho prontas até a 17 e vou lhe enviando aos poucos.

acho que um papo por telefone sera mais adequado.

me coloca no whats, pois assim podeemos conversar sem ônus.

meu cel é 47 996337980 e normalmente estou livre entre 10 e 12 e após às 20horas.

abraços, 

cunha 





LUIZ SERGIO CUNHA

Nicanor Passos

Desde 09/2020
Goiânia/GO

Nilton Santos


Em 20/01/2021 às 17:14
 

lscunha disse:

Amigo Nicanor,

 Lhe envei as partes 7 e 8, mas já tenho prontas até a 17 e vou lhe enviando aos poucos.

acho que um papo por telefone sera mais adequado.

me coloca no whats, pois assim podeemos conversar sem ônus.

meu cel é 47 996337980 e normalmente estou livre entre 10 e 12 e após às 20horas.

abraços, 

cunha 


Já o adicionei em meus contatos, Mestre.


 
Páginas:

Fórum CANALBOTAFOGO - O Seu portal do Botafogo de Futebol e Regatas