Fórum CANALBOTAFOGO
Tópico de discussão

 
Páginas:
elramo
  ÓTIMA ENTREVISTA DO MUFARREJ SOBRE O NOVO PROJETO

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 12/08/2019 às 12:45

Mufarrej encoraja projeto dos Moreira Salles: "Pelo Botafogo, fico em 10º plano"

Presidente afirma que ainda não foi definida uma liderança para tocar a SPE, que irmãos não serão os condutores do processo e garante empenho para a ideia sair do papel já em 2020

Por Fred Gomes — Rio de Janeiro

12/08/2019 12h00  Atualizado há 38 minutos

 

Fred Gomes/GloboEsporte.com

Assunto que adoça e não sai da boca dos alvinegros, a entrada de investidores no futebol do Botafogo com a formação de uma SPE (Sociedade de Propósito Específico), plano proposto pelo estudo encomendado pelos irmãos Moreira Salles, é debatida diariamente pelo clube. Mas quando a "Botafogo S/A" sairá do papel? Que benefícios imediatos trará? O torcedor pode esperar por um timaço já em 2020?

 

+Entenda o plano encomendado pelos Moreira Salles para salvar o futebol do Botafogo com a S/A

 

+Mufarrej passa a limpo asfixia financeira e crise política no Botafogo: "A gente apaga o incêndio como pode"

O GloboEsporte.com fez essas e outras perguntas ao presidente Nelson Mufarrej em entrevista com mais de uma hora de duração. Mufarrej explicou que não pode ser específico ainda por se tratar de um processo em formação. Segundo ele, o comando da operação não está definido e nem quem serão os investidores. Garantiu, porém, que há enorme entusiasmo dele e de seus pares em viabilizar o "Novo Botafogo" o mais rapidamente possível.

Foi além. Se o acerto for formalizado, deixará o comando do futebol, carro-chefe do clube. Problema para Mufarrej?

- Já me perguntaram: "O que o senhor, como presidente, acha disso? Então o senhor vai ficar no segundo plano". Pelo Botafogo, eu fico em 10º plano.

 

Confira o papo na íntegra abaixo:

 

O Conselho Diretor já aprovou o estudo encomendado pelos Moreira Salles. Para ser oficialmente avalizado, basta a anuência do Deliberativo em setembro, certo? Quando efetivamente deve começar? O que precisa ocorrer para o projeto começar logo em janeiro de 2020?

Primeiro lugar: quando tivemos naquela sexta-feira (26 de julho) na Ernst & Young, ficou combinado de que assinaríamos uma carta de concordância ou não. Eu tomei a iniciativa de logo dizer a todos presentes que estávamos plenamente de acordo. E que se houvesse essa carta, que nos mandassem o mais rapidamente possível para pegar a assinatura de todos os vice-presidentes que estavam presentes e dos que não estavam presentes.

 

Essa carta não veio, mas o projeto em si está aprovado, não tenho o que dizer nada contra o projeto, mas é um projeto ainda conceitual. Agora sim ele tem de sair do papel, têm as etapas a serem cumpridas.

Só que essas etapas, na minha opinião, têm que ser muito rápidas. Porque entre dezembro e janeiro nós vamos poder transferir os direitos federativos para a SPE que vai ser feita.

Caso contrário, só no ano seguinte. Não tem jeitinho, é aquilo ali, e isso tem que ser respeitado. Isso nos preocupa. Existe um trabalho que está começando a ser feito. É preciso saber quem vai fazer parte da SPE, ou seja, quem são os investidores efetivamente.

 

Preocupação em evitar o nome "Projeto Moreira Salles"

Com relação ao nome que foi dado, "Projeto Moreira Salles", isso incomoda muito a eles. Eu gostaria que todos falassem "Projeto dos Investidores". Não tenho dúvida, acho eu, de que eles vão fazer parte. Mas eles não querem que fique essa responsabilidade. Eles deram o projeto para nós. Simplesmente falaram "Toma esse projeto, Botafogo". Os botafoguenses de relação com eles que participaram diretamente desse processo e que vão efetivamente começá-lo. Eles não participaram.

Foi a Ernst & Young, teve a parte jurídica. Então, outras pessoas que vão se arrumar para cumprir todas as etapas necessárias para a formação e efetivação desse projeto. Esse é o funcionamento. Temos 15 dias de agosto, setembro, outubro, novembro e 15 dias de dezembro por causa das festas, e a CBF fecha também. E a gente tem o início de janeiro. É um tempo muito rápido.

 

Eu vejo esse projeto como importantíssimo para a sobrevivência do Botafogo, a nossa sobrevivência. Nós, botafoguenses, estamos ansiosos para que esse projeto se realize.

"Pelo Botafogo, eu fico em 10º plano"

Já me perguntaram: "O que o senhor, como presidente, acha disso? Então o senhor vai ficar no segundo plano". Pelo Botafogo, eu fico em 10º plano. Isso aí me dá tranquilidade e um incentivo de trabalhar para que esse projeto saia. E que a gente chegue ao final com todo mundo vendo o Botafogo numa nova fase.

É difícil? É difícil. Mas aí digo a todos os botafoguenses que fatalmente podem ajudar o Botafogo: "Venham ajudar o Botafogo". O Botafogo precisa dessa ajuda, de pessoas que vão se unir pelo engrandecimento e para o Botafogo voltar a ser aquele Botafogo que conhecemos com Garrincha, Amarildo, Quarentinha, Nilton Santos, Manga... Aquele clube que mais cedeu jogadores à seleção brasileira. Isso é muito importante.

É um momento importante do Botafogo, e a gente precisa de muita união para colocar realmente esse projeto em andamento final. Ou seja, a partir de janeiro de 2020.

 

E qual é o passo a passo para que seja iniciado já em 2020?

Eu não sei ainda se a Ernst & Young vai continuar, se ela já avançou em algum ponto no projeto em si. Não temos ainda uma concepção efetiva de quem irá. É dos grandes botafoguenses? Dos grandes investidores que vão se unir? Alguém vai chamar? Ou é através desse projeto da Ernst & Young? Hoje (sexta) completam duas semanas que tomamos conhecimento do projeto. Várias pessoas estão se movimentado, inclusive eu. 

Toda a diretoria sente a movimentação, mas uma pessoa tem que liderar. E ainda não existe essa pessoa liderando. Os irmãos não vão liderar, eles vão ficar equidistantes examinando como vai ser o andamento desse projeto. Se vão participar ou não, eles que vão determinar. Por isso, eu já estou chamando de grupo de investidores. Eles podem estar ou não. Eles já disseram isso: "Talvez não".

Todo mundo estava achando inicialmente que um dia eles chegariam aqui na Sala da Presidência e falariam: "Dá licença, presidente, botamos o dinheiro aqui e nós que vamos gerir". Ótimo se eles fizessem isso. Estaria abraçando muito a eles. Mas eles não querem. A gente não pode exigir isso deles.

Há pessoas mais extrovertidas e outras introvertidas, que não gostam de aparecer. Eles vão ao estádio e ficam na arquibancada sentados, vibrando pelo Botafogo. São pessoas muito simples, discretas, inclusive com todo o poderio econômico que eles têm.

Eles (Moreira Salles) deram o pontapé inicial, o jogo já começou. A bola já começou a rolar e tem que rolar nesses 90 minutos, ou seja, nesses cinco meses restantes.

 

Mas quais são as etapas efetivamente?

Penso inicialmente que você tem que ter a liderança, tem que ver realmente quem são os investidores porque você só pode formar a SPE se você os tiver. Você pode formar a SPE com cinco ou seis investidores. O local já temos, bom que o Botafogo tem várias sedes. Não tem problema. Quando não se tem o local, é preciso procurar um e alugá-lo.

É preciso ver também que a Companhia Botafogo (pessoa jurídica criada em 2007 para administração do futebol alvinegro) tem a concessão do estádio. A concessão do Nilton Santos vai para a SPE? Não. Continua com o Botafogo. Pode ser uma locação ou um acordo. São etapas cheias de detalhes que vamos ter. Para eu falar todas as etapas, posso estar errando.

É preciso também saber quantos serão os investidores. Disseram que é preciso R$ 332 milhões, mas vamos arredondar para R$ 300 milhões. Pode-se pegar 30 investidores com R$ 10 milhões. Evidentemente que vamos ter que levar esses detalhes para o Conselho Deliberativo ou para a Assembleia Geral.

 

Será em setembro essa sessão no Conselho?

Setembro vai ter uma reunião do Conselho Deliberativo, eu gostaria de ter antes. Até para se houver uma necessidade de alteração no Estatuto do Botafogo, que é pequena. Não tem nada de mirabolante no meu entendimento, mas estamos vendo isso friamente. Tomara que seja antes. Fazendo uma comissão estatutária rapidamente, aprova isso, e acho que a Assembleia Geral também aprova. Acho que é interesse dos botafoguenses. Não vejo nenhum botafoguense contra esse projeto.

O botafoguense quer ver o Botafogo sem essas dificuldades que temos e sem essas dívidas que nos atrapalham. São penhoras atrás de penhoras a cada dia. Eu chego aqui, vejo o celular e teve mais uma penhora. Risco de penhora é o termo mais usado aqui (risos).

A gente tem que sair correndo para tentar negociar essas ações a fim de que a receita não seja totalmente comprometida.

A "venda" ou a "locação" do futebol para a Botafogo S/A que será criada não prejudicará o desenvolvimento do clube social? Pela ideia com o aporte financeiro, os salários do futebol ficariam em dia. Mas e os dos funcionários?

É um outro ponto. A parte de pessoal vai ter que ser realocada. Quando o futebol passar para a SPE, como vai ser gerida a dívida existente? Vai ser gerida pelo Botafogo de Futebol e Regatas ou pelo outro Botafogo, que é a SPE? Ela que vai dar o dinheiro e controlar a negociação dessas penhoras? Isso tudo vai ter que ser definido.

Vamos dizer que as partes do futebol e das penhoras foram todas para a SPE, então ali vai ficar um grupo de pessoas que está administrando. E aqui vai ficar um grupo bem menor. Você vai resumir o Botafogo de Futebol e Regatas ao remo, que é um esporte estatutário.

General Severiano vai ficar aqui com os Esportes Olímpicos, que hoje temos os projetos incentivados. Com a parte social, que a gente tem a piscina. Temos as escolinhas, temos o Mourisco, onde há uma receita muito boa da Churrascaria Fogo do Chão. Isso em princípio fica com o Botafogo. Hoje ela (receita da churrascaria) é direcionada para o pagamento de uma parcela de dívida.

São muitos detalhes para se chegar em dezembro e se fazer a SPE, e o Botafogo de Futebol de Regatas permanecer com suas atividades.

 

Mas com eles assumindo, o senhor acha que fica sustentável a situação dos funcionários do Botafogo de Futebol e Regatas?

Ah, fica. Talvez tenhamos que manter o atual quadro de funcionários aqui em General Severiano. Mas no Nilton Santos há funcionários que vêm para cá e que talvez fiquem somente no estádio. O piscineiro, por exemplo, vai ficar aqui. Se eu tenho quatro piscineiros, vou ficar com os quatro, porque o movimento de sócios é o mesmo.

Acho que dá para viver tranquilamente. Tem o shopping, que também nos dá uma receita.

 

A Sociedade de Propósito Específico (SPE) será formada apenas por alvinegros ilustres ou também contará com o investimento de empresários sem vínculo com o clube?

Ainda não há uma definição. Citei o exemplo de 30 investidores, sejam empresários ou ex-empresários que tenham dinheiro e queiram investir na SPE. A SPE tem que ser lucrativa, dar retorno aos investidores. Não estão dando dinheiro para o Botafogo. Há entrada e saída de dinheiro com retorno. O grupo ou uma pessoa que coordenar esses investidores que vai poder dizer efetivamente se vai ser com 30 investidores ou 100, por exemplo. Se a pessoa com valor menor vai poder entrar ou não.

Acho que esse é o momento mais delicado: conseguir os investidores e definir como se fazer (a SPE).

 

Pelo que apresentaram no estudo, seriam investidos cerca de R$ 300 milhões imediatamente para acabar com todas as dívidas bancárias, trabalhistas e cíveis. Feito isso, o Botafogo, mesmo que não se transforme numa potência inicialmente, conseguirá honrar com seus compromissos com o futebol?

Isso eu acredito que sim. Senão, é melhor nem fazer.

Vejo o seguinte: hoje o futebol tem que ter toda a atenção canalizada para a base, onde você tem a formação dos jogadores. No Brasil, há um celeiro de crianças que gostam e praticam futebol. Temos que saber explorar isso. Hoje os clubes têm que produzir os seus jogadores, não só para se tornar um ativo, mas também para trazer os resultados.

Isso de dizer "eu tenho dinheiro e compro qualquer um" vai acabar. Acho que é preciso maior apoio das federações, da própria CBF, dando premiações mais fortes para incentivar os clubes a formarem bases fortes. Para que o futebol brasileiro volte a enfrentar uma seleção ou um clube inglês, italiano, francês ou espanhol na mesma condição ou melhor até. A gente ainda tem a supremacia, porque os bons jogadores vão para fora. A base é a sustentação do futebol brasileiro.

 

Há uma previsão de uma injeção de cerca de R$ 30 milhões para contratações em 2020 por parte dos investidores. Por mais que ainda não estejam definidos, eles já se comprometeram a formar um time competitivo visando Copa do Brasil e competições sul-americanas?

Se eles se comprometeram não sei, ainda não falaram comigo. De todos que a gente imagina que serão investidores, a intenção deles é essa. É um período muito curto. Em 2020, para se formar isso é preciso de um investimento muito grande. Não sei se com R$ 30 milhões, a gente consegue formar uma boa equipe. Apesar de termos jogadores que são nossos e permanecerão em 2020, e esse planejamento tem que ser feito. Não posso dizer se são R$ 15 milhões, R$ 30 milhões ou R$ 50 milhões. O investidor que vai analisar qual é a melhor estratégia.

Eu chego para você e digo "R$ 30 milhões está tudo bem, tá ótimo". Aí o cara chega e diz: "Não é nada disso, para formar um timaço preciso de R$ 80 milhões", ou então: "eu com R$ 10 milhões resolvo".

 

É possível esperar um Botafogo forte em 2020, talvez já como a segunda força do Rio de Janeiro? Já voltar a rivalizar com o Flamengo em condições de igualdade, por exemplo?

Até hoje a gente bate de frente com o Flamengo. Evidentemente que sim. Mas acho que isso tudo no momento é só suposição. O objetivo é voltar a fazer o Botafogo altamente competitivo.

 

Escutamos que após a reunião com a EY, o ex-presidente Montenegro o cumprimentou, dizendo que o senhor era o primeiro a deixar a vaidade de lado ao entender que o melhor é transferir o comando do futebol para outras mãos a fim de salvar o Botafogo. Não se incomoda mesmo em deixar a direção do carro-chefe do clube?

Se chegarem agora, a gente interrompe a entrevista, e disserem: "Presidente Nelson Mufarrej, o senhor vai ficar ali olhando. O senhor entrega seu cargo? Acabou, entrego a hora que quiser". Não por falta de capacidade, vamos colocar bem isso, sim para ajudar o engrandecimento do Botafogo.

Falei exatamente isso: não sou um cara vaidoso, sou vaidoso para certas coisas, mas não me apego a cargos. Exerci vários cargos no Botafogo e na vida pública. Quero contribuir a um cargo que exerço. Aprendi com meu pai. Ele não era um cara vaidoso.

 

É necessário que se crie um novo CNPJ até a primeira semana de janeiro para que o projeto entre em ação em 2020. Há algum risco de não dar certo e isso só se tornar viável em 2021?

Eu sou um cara altamente otimista. A gente fica preocupado e querendo saber como está, mas todos estão com esperança de que saia em 2020. A gente sabe da situação do Botafogo em 2020. É muito séria.

 

A receita do sócio-torcedor passará para a SPE, certo?

Sim, acredito que sim, porque é receita do futebol. Tudo que for receita do futebol vai passar para a SPE, a não ser o Nilton Santos, que é uma concessão da Companhia Botafogo.

TUA ESTRELA SOLITÁRIA NOS CONDUZ...

 

elramo

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 12/08/2019 às 13:05
 

Vale a leitura.

Passei até a olhar com outros olhos o Mufarrej. Pessoa sem vaidade nenhuma, sem apego a cargo e que se mostra um entusiasta do projeto. Afinal, ele, mais do que ninguém, sabe a barra que é administrar o Botafogo atual...   Grande botafoguense!



marcosaureliopaiva

Desde 11/2007 • 11 anos de CANAL
rio de janeiro/RJ

Garrincha


Em 12/08/2019 às 13:08
 

na verdade fiquei foi preocupado com essa entrevista

 

esperava no minimo a formação de um COMITÊ para desenvolver esse projeto

 

mas continuo acreditando!!!! 





 
 
 
 
 

 

 
 

luizclaudiobfr

Desde 08/2008 • 10 anos de CANAL
Santos/SP

Garrincha


Em 12/08/2019 às 13:39
 

Pelo visto não vai sair nesse ano. Não imagino o clube saindo da inércia para cumprir todas as etapas de aprovação do projeto em 2019.

PC CARIOCA

Desde 02/2010 • 9 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 12/08/2019 às 13:57
 

Parece que agora estão na fase do compliance.  Levantando os valores reais das dívidas.  VALOR REAL.  Esse valor será renegociado pra baixo.  Após a negociação, ficamos sabendo quanto cada credor aceitou receber.  Pra saber o quanto é preciso de aporte no fundo da SPE.  Esse aporte é que irá pagar as dívidas existentes, já devidamente negociadas pra menos.



Chamamos de ÉTICA o conjunto de coisas que as pessoas fazem quando todos estão olhando.

O conjunto de coisas que as pessoas fazem quando ninguém está olhando chamamos CARÁTER.  (Oscal Wilde)

Por um BOTAFOGO com ÉTICA e CARÁTER.

elramo

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 12/08/2019 às 13:58
 

Tem um grupo de profissionais trabalhando dia e noite no projeto... Sairá antes do que muito imaginam. Em janeiro já teremos a SPE funcionando...  Tudo a seu tempo!

PC CARIOCA

Desde 02/2010 • 9 anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 12/08/2019 às 13:58
 

Com o valor da necessidade do aporte, exemplo, 300 milhoes, eles irão atras dos investidores, pra saber quanto cada um vai casar.



Chamamos de ÉTICA o conjunto de coisas que as pessoas fazem quando todos estão olhando.

O conjunto de coisas que as pessoas fazem quando ninguém está olhando chamamos CARÁTER.  (Oscal Wilde)

Por um BOTAFOGO com ÉTICA e CARÁTER.

asouza

Desde 12/2008 • 10 anos de CANAL
Ceilandia/DF

Garrincha


Em 12/08/2019 às 15:43
 

marcosaureliopaiva disse:

na verdade fiquei foi preocupado com essa entrevista

 

esperava no minimo a formação de um COMITÊ para desenvolver esse projeto

 

mas continuo acreditando!!!! 


Também fiquei preocupado, parece que o presidente do clube não tem a menor idéia do que está sendo feito e por quem. Isso não é bom, pois o prazo é muito curto!


asouza

Desde 12/2008 • 10 anos de CANAL
Ceilandia/DF

Garrincha


Em 12/08/2019 às 15:45
 

elramo disse:
Tem um grupo de profissionais trabalhando dia e noite no projeto... Sairá antes do que muito imaginam. Em janeiro já teremos a SPE funcionando...  Tudo a seu tempo!

O clube, ou a EY podia pelo menos esclarecer quem são esses profissionais; pelo menos para o Mufarrej!


IN_FIRE

Desde 05/2011 • 8 anos de CANAL
Hell de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 12/08/2019 às 17:28
 

O Mufarrej ou tá escondendo ou tá perdido nessa situação toda.

 

Se AINDA, depois de 2 semanas DE LIBERADO O PROJETO, ainda não se tem o LÍDER que o projeto definiu QUE DEVERIA EXISTIR ESSA PESSOA PARA LIDERÁ-LO, então já tem algo errado aí.

 

De resto, alguns investidores são parceiros dos Moreira Salles. Em relação aos investidores, eu não tenho medo.

 

Tenho medo é da FALTA DE AGILIDADE para assinarem a porra de um documento que diz mais ou menos assim: "O Botafogo a partir de hoje está determinado a existir como clube-empresa, assinado por fulano, beltrano, silcrano, etc, após reunião de conselheiros no dia TAL". 

 

Porra, a parte MAIS IMPORTANTE tá demorando pra ser feita. AGILIZA ESSA PORRA, CAMBADA. CONVOCA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA, SEI LÁ, QUALQUER PORRA AE, SÓ VAI LOGO.  

 

O Conselho Diretor já aprovou o estudo encomendado pelos Moreira Salles. Para ser oficialmente avalizado, basta a anuência do Deliberativo em setembro, certo? Quando efetivamente deve começar? O que precisa ocorrer para o projeto começar logo em janeiro de 2020?

Primeiro lugar: quando tivemos naquela sexta-feira (26 de julho) na Ernst & Young, ficou combinado de que assinaríamos uma carta de concordância ou não. Eu tomei a iniciativa de logo dizer a todos presentes que estávamos plenamente de acordo. E que se houvesse essa carta, que nos mandassem o mais rapidamente possível para pegar a assinatura de todos os vice-presidentes que estavam presentes e dos que não estavam presentes. 

 

Essa carta não veio, mas o projeto em si está aprovado, não tenho o que dizer nada contra o projeto, mas é um projeto ainda conceitual. Agora sim ele tem de sair do papel, têm as etapas a serem cumpridas. 

 

 

 

Aí eu te pergunto, PORRA, TU TA DE SACANAGEM NÉ MUFARREJ??? 





BOTAFOGO, BOTAFOGO,

UNIÃO:

NO PASSADO, NO FUTURO,

A CADA GERAÇÃO

BUSCA A JUSTIÇA EM CADA JOGO,

BOTAFOGO, TERÁS DE ENSINAR

QUE PARA VERMOS, A TUA ESTRELA BRILHAR

SERÁ PRECISO, CONTRA TODOS LUTAR

A BATALHA, ÁRDUA SERÁ,

MAS COM O NOSSO APOIO

HÁS DE SEMPRE CONTAR

 

 

  E O SEU “G” DE GLORIOSO É O QUE ASSENTE

QUE DE TODOS OS OUTROS FAZ-SE PRESENTE:

DIGNIDADE, A FIBRA DA TUA LUZ

QUE A SUA CHAMA PULVERIZE OS URUBUS

Soufogao

Desde 01/2008 • 11 anos de CANAL
Brasilia/DF

Garrincha


Em 12/08/2019 às 19:31
 

Não gostei da entrevista. Sem previsibilidade alguma.
Já o Elramo disse que há trabalho sendo feito. Vamos aguardar...





 

asouza

Desde 12/2008 • 10 anos de CANAL
Ceilandia/DF

Garrincha


Em 12/08/2019 às 19:52
 

É isso que faz bater um desânimo danando com o clube: um projeto que pode salvar o futuro do Botafogo, e o presidente e a diretoria não sabem detalhes? Nem quem são os responsáveis pelo projeto?

Simplesmente não quero acreditar nisso, chega a ser ridículo! 



asouza

Desde 12/2008 • 10 anos de CANAL
Ceilandia/DF

Garrincha


Em 12/08/2019 às 19:54
 

Um projeto dessa envergadura já deveria estar com o cronograma de implantação totalmente elaborado e de conhecimento do clube.

asouza

Desde 12/2008 • 10 anos de CANAL
Ceilandia/DF

Garrincha


Em 12/08/2019 às 19:55
 

Parece que alguém está conversando com credores para negociar a dívida? Me parece muito vago essas questões do projeto. Bem desanimador.

eduardohenrique

Desde 08/2017 • 1 ano de CANAL
AC

Infanto


Em 12/08/2019 às 20:30
 

O que deixou transparecer é que até agora não há os investidores.

MACAE FOGO

Desde 06/2011 • 8 anos de CANAL
Macaé/RJ

Nilton Santos


Em 12/08/2019 às 20:39
 

Temo que este projeto não saia até janeiro/20 e fique estagnado. Como estagnado está o projeto do CT do Botafogo a dois anos.

gunarfogo

Desde 10/2017 • 1 ano de CANAL
volta redonda/RJ

Nilton Santos


Em 12/08/2019 às 22:51
 

Sei não

elramo

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 12/08/2019 às 23:41
 

Homens sem fé. Estão vendo pelo em ovo. As coisas estão andando. Conversa com credores só depois de formalizada a SPE. Entrada de recursos idem.... O melhor nessa hora é manter a calma e analisar objetivamente e articuladamente os fatos, os dados e as informações disponíveis... Tudo a seu tempo. Quem viver, verá!

FOGÃO V.R.

Desde 01/2012 • 7 anos de CANAL
Volta Redonda/RJ

Garrincha


Em 12/08/2019 às 23:55
 

Tomara elramo,tomara.
Se somarmos o comunicado dos MS ao Juca Kfouri com essa entrevista do Mufa dá pra ficar com a pulga atrás da orelha.


claudio delman

Desde 09/2011 • 7 anos de CANAL
RJ

Garrincha


Em 13/08/2019 às 00:56
 

É como imaginei. A formação desaa SPE e a busca pelos "botafoguenses notáveis com 300 M", corre paralelo. Alias uma coisa não se desenvolve sem a outra. A realidade da estagno falência econômica q o país atravessa, remete aquele jogo q perdemos de 5 na primeira partida mas na segunda dá pra virar. Dá pra ser otimista?



 
 

andmarques

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 13/08/2019 às 09:47
 

 
elramo disse:

 

E qual é o passo a passo para que seja iniciado já em 2020?

 

Eu não sei ainda se a Ernst & Young vai continuar, se ela já avançou em algum ponto no projeto em si. Não temos ainda uma concepção efetiva de quem irá. É dos grandes botafoguenses? Dos grandes investidores que vão se unir? Alguém vai chamar? Ou é através desse projeto da Ernst & Young? Hoje (sexta) completam duas semanas que tomamos conhecimento do projeto. Várias pessoas estão se movimentado, inclusive eu. 

 



Pois eu achei esse trecho deveras preocupante. Ele parece completamente perdido.




Botafogo Acima de Tudo!

Torcedor sim! Mas crítico também  ;-)

melhor da pavuna

Desde 12/2018
RIo de Janeiro/RJ

Infanto


Em 13/08/2019 às 11:18
 

MACAE FOGO disse:
Temo que este projeto não saia até janeiro/20 e fique estagnado. Como estagnado está o projeto do CT do Botafogo a dois anos.

Sinto a mesma coisa.


melhor da pavuna

Desde 12/2018
RIo de Janeiro/RJ

Infanto


Em 13/08/2019 às 11:48
 

Sério, muffarrej tá mais perdido que minha vó no centro de nova york

melhor da pavuna

Desde 12/2018
RIo de Janeiro/RJ

Infanto


Em 13/08/2019 às 11:48
 

Não sei se isso vai pra frente

IN_FIRE

Desde 05/2011 • 8 anos de CANAL
Hell de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 13/08/2019 às 12:09
 

Ir pra frente vai, porque tem muita gente agindo fora dos holofotes para que a coisa dê certo.

Meu único medo é porque depende DA VELHARADA TAMBÉM, deixar de ser acomodada, convocar logo a reunião e assinar a papelada.

É depender do amadorismo dessa galera que complica...

Uma pena os MS não terem se responsabilizado por PRATICAR a mudança e se posicionaram como líderes do projeto.

Uma pena mesmo. Mas se os caras só querem ficar nos bastidores então, fazer o quê...




BOTAFOGO, BOTAFOGO,

UNIÃO:

NO PASSADO, NO FUTURO,

A CADA GERAÇÃO

BUSCA A JUSTIÇA EM CADA JOGO,

BOTAFOGO, TERÁS DE ENSINAR

QUE PARA VERMOS, A TUA ESTRELA BRILHAR

SERÁ PRECISO, CONTRA TODOS LUTAR

A BATALHA, ÁRDUA SERÁ,

MAS COM O NOSSO APOIO

HÁS DE SEMPRE CONTAR

 

 

  E O SEU “G” DE GLORIOSO É O QUE ASSENTE

QUE DE TODOS OS OUTROS FAZ-SE PRESENTE:

DIGNIDADE, A FIBRA DA TUA LUZ

QUE A SUA CHAMA PULVERIZE OS URUBUS

elramo

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 13/08/2019 às 15:09
 

IN_FIRE disse:
Ir pra frente vai, porque tem muita gente agindo fora dos holofotes para que a coisa dê certo.

Meu único medo é porque depende DA VELHARADA TAMBÉM, deixar de ser acomodada, convocar logo a reunião e assinar a papelada.

É depender do amadorismo dessa galera que complica...

Uma pena os MS não terem se responsabilizado por PRATICAR a mudança e se posicionaram como líderes do projeto.

Uma pena mesmo. Mas se os caras só querem ficar nos bastidores então, fazer o quê...


IN_FIRE, as reuniões (tanto do conselho como a dos associados) podem ser convocadas a qualquer momento antes de dezembro. O prazo legal para convocação é de dez dias. Mera formalidade o aceite...

Acho que a ansiedade alvinegra é que faz a gente ver pelo em ovo e achar que nada vai dar certo. As coisas estão caminhando. Tudo a seu tempo! 



Major Nelson

Desde 04/2007 • 12 anos de CANAL
Rio/RJ

Nilton Santos


Em 15/08/2019 às 21:37
 

elramo disse:

Vale a leitura.

Passei até a olhar com outros olhos o Mufarrej. Pessoa sem vaidade nenhuma, sem apego a cargo e que se mostra um entusiasta do projeto. Afinal, ele, mais do que ninguém, sabe a barra que é administrar o Botafogo atual...   Grande botafoguense!


Caro Élio,

  1. Ele é do Mais Botafogo, não é? Esses caras perseguiram Bebeto – este sim um presidente extraordinário que foi injustamente avaliado pela desinformada torcida, estupidamente rejeitado pela coletividade sócio-proprietária, absurdamente perseguido pelos ativistas políticos deste danoso grupo que deveria ser, doravante, alcunhado de MaisFoguinho.

  2. Que altruísmo fantástico, não é? Só que chegou a este estágio de renúncia às coisas terrenas – ou seria mais justo dizer que reconheceu que meter a mão na grana do futebol à favor dos esportes favoritos dos abnegados beneméritos aduladores afundou o Botafogo? – 11 anos após ter participado ativamente do linchamento político e moral de Bebeto de Freitas, que propusera método de gerência bastante similar, através da Cia Botafogo, desde pelo menos 2003, como sabemos muito bem porque lá estávamos em defesa dessa visão de futuro para o Botafogo. Pois ao final de 2008, essa cambada de viralatas da Dona Chiquitota varreu o visionário Bebeto do Botafogo como se um cão sarnento fosse.

  3. O reconhecimento de que o projeto dos Moreira Salles é bom para o Botafogo não é um assomo de grandeza ou generosidade. É simplesmente o reconhecimento que a maneira de gerir o clube, que as prioridades elencadas para o clube por ele e seus prepostos, que não devemos esquecer de lembrar sempre que são e já há bastante tempo são integrantes do MaisFoguinho, são as escolhas de uma coletividade que atrasa o Botafogo desde pelo menos as passagem de Emil Pinheiro pelo clube. Gente que se considera dona do clube, que direciona para fora do futebol os ganhos e receitas que deveriam ser somente do futebol, mas que agora não tem outra escolha além de pagar as contas das idiotices que, secularmente, são feitas no Botafogo. Ora, não será Dona Chiquitota, Carlito, Ademar Bebiano. Gumercindo Brunet ou Bebeto de Freitas que pagarão as contas e juros de mora.
    Quem será? Muffarej, Carlos Eduardo, Cacá? Os herdeiros de Jorge Aurélio? Todos esses defenderam encarniçadamente a maneira de gestão que nos trouxe a este estágio falimentar e humilhante. Então a simples proposta dos Moreira Salles serve muito bem para a eleição de um (dois?) novo bode expiatório. “
    Mularrej” joga para a desinformada torcida. Se der xabu, dirá “os Moreira Salles não quiseram ser solidários”...





Saudações Botafoguenses

 Nelson Milesi

Major Nelson

Desde 04/2007 • 12 anos de CANAL
Rio/RJ

Nilton Santos


Em 15/08/2019 às 21:45
 

Mufffarej diz que fica em 10º lugar se é para o bem do Botafogo. Deve falar por todos eles, que formam o Conselho Diretor e também os que são do Deliberativo.
Deve falar pelos beneméritos feitos à pencas desde 2009.
Pois foram estes ilustres abnegados botafoguenses que nos guiaram a este precipício de vergonha e extinção.

Se fossem realmente sinceros, todos os engalanados beneméritos e grandes beneméritos desde 2009 deveriam devolver suas honorabilidades, pois ajudaram mais que quaisquer outros a chegarmos neste estágio vergonhoso para o Botafogo.





Saudações Botafoguenses

 Nelson Milesi

claudio delman

Desde 09/2011 • 7 anos de CANAL
RJ

Garrincha


Em 15/08/2019 às 21:46
 

Ditos c propriedade Major!



 
 

elramo

Desde o início • 12+ anos de CANAL
Rio de Janeiro/RJ

Garrincha


Em 15/08/2019 às 22:13
 

Grande Nelson. Que prazer acessar o canal e ver que vc está de volta. Concordo 100% com você. Mas, talvez até por ingenuidade vejo com bons olhos a postura do Mufarrej, até porque ele é o atual presidente e sua opinião ainda tem um certo peso na decisão de separar o futebol e o clube. Neste momento creio que é fundamental criar e estimular um clima cooperativo para que de fato o processo se concretize o quanto antes...

emilio

Desde 11/2009 • 9 anos de CANAL
Belo Horizonte/MG

Garrincha


Em 15/08/2019 às 23:45
 

Botafogo é complicado. O mais Botafogo perseguiu Bebeto. O Movimento Carlito Rocha com Vinicius mirando política apoiou o dentista. Quem savou Bebeto da cassação foi Montenegro. Tem é que passar a régua.

B.T.O.

Desde 02/2007 • 12 anos de CANAL
Niterói/RJ

Garrincha


Em 16/08/2019 às 17:40
 

Pelo que vi fizeram a entrevista com o cara errado. Ele não sabe nada. De positivo só vi que não trará dificuldades para a implantação, mas informação, nunhums
Queria ler: já entreguei, tá com eles agora. Então, vai entrevistar qyem saiba. Já era para estar tudo assinado, esperando só janeiro chegar.




 

Fogoooo!!! Este time só me dá alegrias!!!! 

Pietrantonio

Desde 05/2012 • 7 anos de CANAL
Rio de janeiro/RJ

Garrincha


Em 16/08/2019 às 21:12
 

Sem a caneta do muffarej nada acontece e, ele, já deu sua assinatura. Acho ingenuidade querer que ele dê detalhes, até porque,tem coisas que realmente ainda não estão detalhadas.apesar do pessimismo de uns e na fé de outros, vamos avançando nesta questão. Muffarej, tem sido digno na sua postura.



Nao desejo receber mensagens por email. 

Obrigado 

 
Páginas:

Fórum CANALBOTAFOGO - O Seu portal do Botafogo de Futebol e Regatas